Arbitragem de Peru x Brasil vira caso de polícia; entenda

Os peruanos não ficaram nenhum pouco satisfeitos com a arbitragem da partida entre Peru x Brasil, na noite da última terça-feira (13)

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução

Em sua segunda partida nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, a Seleção Brasileira venceu o Peru por 4×2.

Os peruanos não ficaram nenhum pouco satisfeitos com a derrota e com a arbitragem da partida, e  fizeram duras criticas as decisões do árbitro Julio Bascuñan.

Na manhã desta quarta-feira (14), o policiamento no hotel onde o arbitro ficou hospedado, no Peru. Os policiais temiam uma possível retaliação contra o juiz, por conta de sua controvérsia atuação no jogo entre Peru x Brasil. Com isso, fecharam o perímetro.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

A imprensa do Peru também criticou a arbitragem.  O jornal Líbero disse que houve uma “péssima arbitragem” além de classifica-la como um “escândalo”.  Já o El Bocón disse Julio Bascuñan “roubou a cena”.

O pênalti marcado para o Brasil no final da segunda etapa também foi bastante criticado pela imprensa peruana.

“Neymar quebrou sua sequência de gols e converteu um hat-trick, tendo o árbitro chileno Julio Bascuñán o protagonista”, escreveu o RPP.

Já a  versão peruana do jornal As escreveu: “O árbitro Julio Bascuñán apontou um pênalti inexistente no final da partida”. 

LEIA MAIS:

Internautas criticam imagem e narração da TV Brasil: “Saudades Globo”