Brasileirão 2020: confira os times que mais sofreram com a ‘lei do ex’ até a 16ª rodada

Botafogo assumiu a liderança do ranking após sofrer gol de Diego Souza

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores.com e do Hashtag Rubro-Negro.

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A “lei do ex” vem castigando as equipes durante o Brasileirão 2020. E nessa quarta-feira o Botafogo assumiu a liderança do ranking das equipes que mais sofreram gols de ex-jogador após Diego Souza abrir o placar para o Grêmio, em jogo da 16ª rodada do torneio.

Com esse, o Botafogo chegou a cinco gols de ex-jogadores e empatou com Fluminense e Ceará no topo dos mais “castigados” pela lei do ex. Dos 20 clubes da Série A do Brasileirão, apenas sete ainda não sofreram com ex-atletas.

Completando o pódio do ranking estão Goiás e Vasco, com quatro gols sofridos, e o Bahia vem em terceiro, com três tentos pela “lei do ex”.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

CONFIRA OS TIMES DO BRASILEIRÃO QUE MAIS SOFRERAM COM A LEI DO EX ATÉ O MOMENTO:

5 – Botafogo, Ceará e Fluminense

4 – Goiás e Vasco

3 – Bahia

2 Atlético-MG, Grêmio, Santos e Sport

1 – Athletico Paranaense, Coritiba e Internacional

  • Levantamento feito pelo jornalista Rodolfo Rodrigues

LEIA MAIS

Clubes da Série A do Brasileirão chegam a 20 trocas de técnicos em 2020; veja lista completa

CBF e clubes se articulam e já trabalham por volta do público no Brasileirão em nova data em 2020

Como deve ficar a divisão das transmissões dos campeonatos na TV Aberta?