CBF e clubes se articulam e já trabalham por volta do público em nova data

Retorno em outubro foi vetado em reunião inicial, mas projeção agora é ter estádios abertos em novembro

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores.com e do Hashtag Rubro-Negro.

Crédito: Reprodução/ Twitter CBF

Apesar da primeira votação ter sido contra o retorno de público no Brasileirão, a CBF e as equipes da Série A continuam trabalhando pela volta do torcedor aos estádios o mais breve possível. A informação é do blog do Marcel Rizzo, do UOL Esporte.

A ideia recente era que o torcedor já pudesse ir ao estádio em outubro, porém as polêmicas recentes envolvendo protocolo fizeram a CBF e os próprios clubes voltarem a trabalhar com a projeção inicial. Ou seja, dias 7 e 8 de novembro, no início do segundo turno do Brasileirão. Assim sendo, seria jogado um turno de portões fechados e outro de portões abertos.

A expectativa é que a reabertura dos estádios seja com capacidade máxima de 30%, porém o número seja elevado de forma progressiva até chegar a 50% nas rodadas finais do Brasileirão.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

A primeira reunião entre CBF, Federações e clubes só não contou com a participação do Flamengo e terminou em confusão entre a entidade nacional e a Ferj, Federação do Rio de Janeiro. As 19 equipes participantes votaram contra a volta do público já em outubro. O Governo do Rio aprovou a reabertura, no entanto os demais estados não, o que não traria igualdade ao campeonato.

LEIA MAIS

Aproveitamento, ataque, defesa e mais: veja os melhores times da Série A em 2020

Seleção pode desfalcar clubes da Série A em 24 jogos em 2021; veja quais

Como deve ficar a divisão das transmissões dos campeonatos na TV Aberta?

SIGA O TORCEDORES