Dana White diz que Conor McGregor lutará somente em 2021

‘Notorious’ pediu luta ainda em 2020 contra Dustin Poirier, mas duelo deve ficar apenas para o próximo ano

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram

O desejo de Conor McGregor de lutar em 2020 não deve ser atendido por Dana White. Em entrevista à ESPN americana, o chefão do UFC afirmou que o irlandês só deverá ter espaço para ter um combate no Ultimate em 2021.

Na entrevista, White disse que o sugerido duelo entre o ‘Notorious’ e o americano Dustin Poirier, que muitos cogitavam para 12 de dezembro, foi oferecido ao astro para 23 de janeiro. E que cabe apenas a McGregor dar o aval para casar a luta.

“Oferecemos a luta ao Conor e já temos uma data. Para este ano, não tínhamos nada. Todos os cards de 2020 já estão se fechando, com cinturões a serem disputados. Ele quer enfrentar o Dustin e falamos com a ESPN e oferecemos essa luta para 23 de janeiro. Agora, é ele quem tem que dizer sim ou não”, apontou o chefe.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

McGregor entrou em rota de colisão recente com o UFC por ver que a organização lhe recusava lutas que desejava. O irlandês chegou a tentar marcar para dezembro uma luta de caridade com Poirier, sem qualquer ligação com o Ultimate. Com isso, a organização decidiu oferecer a luta para ser realizada, mas sem datas disponíveis, a possibilidade de realização deve ficar apenas para 2021.

“Não é assim que as coisas funcionam. Para este ano, temos todos os eventos fechados. Ele disse que tinha se aposentado, alguém discorda? Num ano maluco como este, enfrentamos vários desafios. Tivemos que fazer muitas coisas para que isso funcionasse. Fizemos isso acontecer e oferecemos a luta. Os lutadores já assinaram e estão treinando para elas. Se o Conor quer voltar e enfrentar o Dustin, temos a data, é 23 de janeiro”, afirmou.

LEIA MAIS

Conor McGregor compra iate da Lamborghini de mais de R$ 21 milhões