Flamengo: Dome fala em ‘orgulho’ do time por esforço contra Bragantino

Rubro-Negro ficou no empate com o Red Bull Bragantino e perdeu a chance de ser líder do Brasileiro

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Alexandre Vidal/CRF

O Flamengo teve a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro mas o Rubro-Negro ficou no empate por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino no Maracanã, na terceira partida em quase uma semana do elenco de Domènec Torrent.

Após o jogo, o treinador falou em ‘orgulho’ do elenco por ter aguentado a ‘maratona’ de jogos do Fla durante o período, mesmo com o pouco tempo para treinar e se recuperar, e ter feito jogos em que o time tentou a vitória mas, ao contrário da partida contra o Goiás, não rendeu a vitória

“Jogamos três jogos em seis dias. O Bragantino jogou o último dele há quatro dias. Estou orgulhoso do time. Muitos jogadores jogaram bem por 90 minutos, como o Thiago Maia e o Isla. O Bruno (Henrique) estava muito cansado. Sei a importância e a dificuldade de jogar três jogos em seis dias”, declaro Dome.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

O técnico apontou ver o time jogar diferente em relação aos dois tempos de uma partida, admitindo que o Rubro-Negro se encaixou melhor no segundo tempo dos jogos recentes por ver um time mais intenso nos 45 minutos finais dos jogos.

“O adversário também joga. Talvez jogamos melhor no segundo tempo nos últimos jogos porque encontramos mais posição e intensidade no segundo tempo. Acho que é isso, porque a intensidade é a mesma. Corremos o mesmo ou mais no primeiro tempo e o que acontece é que o adversário se defende melhor. Concordo que jogamos melhor nos segundos tempos”, comentou.

LEIA MAIS

Flamengo x Red Bull Bragantino: assista aos gols do jogo do Brasileirão 2020

Flamengo empata com Bragantino, perde chance de assumir liderança e torcedores detonam Domenec

(Crédito da foto: Alexandre Vidal/CRF)