Polêmicas: VAR volta a gerar reclamações no fim de semana do Brasileirão

Grêmio e Corinthians foram os que mais reclamaram

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/CBF

O árbitro de vídeo (VAR) voltou a gerar polêmicas e reclamações de clubes que se sentiram prejudicados em lances cruciais para suas partidas na rodada do fim de semana do Brasileirão.

O Grêmio foi o que mais reclamou e inclusive quer pedir a anulação da partida contra o São Paulo, que terminou empatada por 0 a 0 no Morumbi.

Foram três lances reclamados pelo Grêmio no confronto. Veja:

Vermelho para Reinaldo
Uma falta de Reinaldo em Pepê foi o primeiro lance reclamado pelo Grêmio. Isso porque o atacante foi derrubado pelo camisa 6 quando ia na direção do gol, mas o árbitro sequer apitou. O Grêmio pede pênalti, já que houve um pisão de Reinaldo na sequência da jogada. Na transmissão do SporTV, o ex-árbitro Sandro Meira Ricci disse que o correto seria marcar falta fora da área e dar o cartão vermelho a Reinaldo.

Vermelho para Daniel Alves
Outra reclamação foi a de um lance envolvendo Reinaldo e Luiz Fernando, no meio do campo. O camisa 10 do São Paulo tentou o desarme, mas acertou um pisão violento no atacante do time gaúcho. O árbitro deu apenas falta e o VAR sequer chamou para revisão.

Pênalti em Geromel
O zagueiro Pedro Geromel sofreu aquele que foi o lance mais reclamado pelos dirigentes e pelos torcedores do Grêmio. Após lançamento na área, Reinaldo empurrou o defensor do time gaúcho e o derrubou. O árbitro nada marcou e o VAR não chamou.

O Corinthians foi mais um clube que se sentiu prejudicado em um lance na goleada sofrida para o Flamengo. A partida estava 3 a 0 no início do primeiro tempo e Gil diminuiu o placar de cabeça, mas o árbitro assinalou impedimento.

https://twitter.com/CuriosidadesBRL/status/1317930288555741186/photo/1

No lance seguinte, o próprio Gil marcou de cabeça e diminuiu o placar para o Corinthians.

Além disso, em um lance na área, Boselli dominou no peito e foi desarmado. O ataque corintiano pediu pênalti por toque de mão, mas o VAR sequer se pronunciou.

Leia mais:
Palmeiras, Flamengo e mais: onde assistir aos jogos da semana dos brasileiros na Libertadores AO VIVO