Santos: Cuca valoriza classificação após semana agitada nos bastidores

Após mudança na diretoria, Peixe venceu Olímpia e se garantiu na próxima fase da Libertadores

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos é mais um time a se classificar para a próxima fase da Libertadores. Nesta quinta-feira (1/10), a equipe venceu o Olímpia por 3 a 2 e garantiu seu lugar nas oitavas de final. Isso depois de dias complicados nos bastidores no clube.

Um pedido de impeachment foi acatado pelos conselheiros e que causou o afastamento de José Carlos Peres da presidência do clube. Orlando Rollo assumiu  o cargo de forma interina e terá que lidar com diversos problemas dentro do clube.

“Foi uma semana turbulenta. Perdemos presidente diretor. E agora a gente tem que lidar com outro presidente e diretores. Temos que ficar alheios. Nós somos o Santos. Eles não são do Santos, ele são o Santos. Falo isso para os jogadores. Não é estádio ou diretoria. alegria ou tristeza vem destes jogadores. Vamos perder, claro, mas vamos vender derrota muito caro. São nove jogos sem perder, sem reclamar”, disse Cuca.

Na partida desta quinta, Cuca lidou com um jogo em que time começou bem, tomou a virada e virou novamente o placar a seu favor. A postura dos jogadores do Peixe para buscar a reação foi enaltecida pelo treinador como fator para a classificação.

“Deu certo no começo, tomamos a virada e tivemos que reagir. Temos que enaltecer os jogadores. Fizemos tudo isso sem treinar, não há treino e eu não fico chorando. A gente vai ‘pro pau’ sim. Sem reclamar. Os meninos estão sendo profissionais dentro da competição. Teve jogo jogado, aéreo, guerra. Típico de Libertadores”, disse.

 

LEIA MAIS

Santos terá clássico e mais 8 jogos importantes em maratona de outubro; confira agenda

Santos: Presidente interino fala em ‘jogadores abandonados’ e ‘situação catastrófica’

Quem é Orlando Rollo, novo presidente do Santos?

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)