Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Abel Ferreira rasga elogios a 3 jogadores em seu começo de trabalho no Palmeiras

Treinador do Palmeiras valorizou atletas que estão se destacando nos últimos jogos após a chegada do português

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: César Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras vive grande sequência após a saída de Vanderlei Luxemburgo, fase de Cebola como interino e chegada de Abel Ferreira. Com oitos jogos seguidos vencendo, alguns jogadores têm se destacado. Em entrevista coletiva após a vitória contra o Fluminense, o português valorizou três jogadores no seu início de trabalho no Brasil.

GUSTAVO SCARPA

O primeiro foi Gustavo Scarpa, que agora ganha chances como lateral-esquerdo após convocação de Viña. “É um jogador que tem um cruzamento fácil e preciso. É verdade que hoje o cruzamento metade saiu bem. É para isso que está lá, para ganhar espaço na linha, é das características dele quando joga aberto pela esquerda”, comentou.

“Não tínhamos mais ninguém para a posição, e ele, como foi o Zé Rafael, sacrificou-se. O clube vai valorizar isso, e ele vai sair valorizado. No futuro vamos ter um jogador que pode fazer mais do que uma posição. Pode jogar na 11, na 7, na 5… Para nós é muito ter jogadores que fazem mais de uma posição com essa qualidade. Está a começar a aprender as questões defensivas”, acrescentou Abel Ferreira.

RAPHAEL VEIGA

Autor dos dois gols do Palmeiras contra o Fluminense, o meia novamente foi elogiado por Abel Ferreira. “É um jogador com muita qualidade, robusto, que nos dá capacidade ofensiva e defensiva. Só tem de se lembrar todos os dias o que o trouxe até nesse nível. É ser consistente”, disse.

“Ele tem disciplina, talento, só tem de ser consistente. É só manter isso. Se conseguir manter é esse jogador. Nosso desafio é esse, manter essa consistência. O desafio que lhe lancei no final do jogo… É muito fácil quando as coisas estão bem relaxar. É aí a diferença”, afirmou o treinador do Palmeiras.

RENAN

Por último, o jovem zagueiro vem ganhando chances após a lesão de Luan e a convocação de Gustavo Gómez. Vale destacar que o Palmeiras contratou dois zagueiros, que viraram reservas para o jovem das categorias de base alviverde.

“Um dos fatores que fez o clube apostar em mim foi esse, perceber algo dentro da minha equipe técnica que valoriza aquilo que se faz na formação do clube. É desde sempre. Sempre tive a regra de ter pelo menos três jovens da base na nossa equipe. Em uma época vai aparecer oportunidade. A vida é feita de dar e receber confiança. Eu dou confiança ao Renan, que dá confiança ao Renan e ao time”, afirmou.

“As oportunidades nunca se perdem, tem sempre alguém que aproveita. O Renan tem aproveitado bem. Gustavo Gómez e Luan devem se sentir orgulhosos pelos colegas entrarem e elevarem o nível da equipe. É fruto de um trabalho coletivo. Me espanta a forma como celebram os gols. Todos juntos… É um espírito de equipe. Hoje queríamos o Felipe Melo na Academia, mas infelizmente temos tido um surto e não poderia estar. Fiz questão de falar com alguns jogadores. Mesmo fora podem contribuir”, concluiu Abel Ferreira.

VEJA TAMBÉM:

Cabe no seu time? Miranda confirma retorno ao Brasil após ser alvo de Flamengo e Palmeiras