Anderson Silva ‘volta atrás’ em aposentadoria em mensagem no Instagram

‘Spider’ rescindiu contato com o UFC nesta semana e deu sinais de que quer seguir lutando

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

Na última semana, Anderson Silva e o UFC decidiram encerrar o contrato com o UFC. O brasileiro, que fez sua última luta pela organização no final de outubro perdendo para Uriah Hall. E a aposentadoria anunciada após esta luta parece que não irá se concretizar.

Em postagem  no Instagram, o ‘Spider’ afirmou que não queria fazer sua aposentadoria ‘forçada’ e que o fim de seu contrato com o Ultimate e deu sinais de que irá continuar lutando, mas ainda sem dar pistas sobre o futuro do ex-campeão do UFC.

“Sinto-me livre, depois de tentarem forçar a minha aposentadoria. Eu amo e sempre amei o que faço, ganhar ou perder faz parte. Não tem nada a ver com idade, cometi falhas técnicas e perdi, mas não perdi o mais importante, que é a vontade e o desejo de fazer o que amo. Ainda tenho esse espírito guerreiro e essa chama no meu coração que motiva, além de acreditar que sou capaz de competir no  MMA”, disse Anderson na mensagem.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

Anderson Silva ainda tinha uma luta a mais no contrato do Ultimate, mas pelo acordo, tal luta não deve realizada no octógono e, possivelmente em outra organização.

LEIA MAIS

Mas já? UFC quer Deiveson Figueiredo de volta ao octógono em dezembro