Cruzeiro e Fred entram em acordo para resolver dívidas trabalhistas

Nesta semana, Raposa conseguiu acordo para reduzir dívida com jogador, que cobrava clube na Justiça

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro conseguiu mais uma decisão para amenizar os problemas com dívidas de toda ordem. Nesta quinta-feira (19), a Raposa acertou com o atacante Fred o pagamento de dívidas que o clube mantinha com jogador e eram cobradas na Justiça pelo atacante do Fluminense.

No acordo, o clube mineiro se comprometeu a pagar ao atacante R$ 25 milhões, que serão pagos em 61 parcelas a partir de 2022. Fred havia entrado em ação na Justiça do Trabalho cobrando R$ 77 milhões da antiga equipe por dívidas trabalhistas.

Houve uma tentativa de acordo entre as partes no começo da semana, mas sem sucesso. Agora, em uma nova rodada de conversas, Cruzeiro e o jogador conseguiram acertas as pendências para resolver um problema que dura desde o começo de 2020.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

“Ficamos felizes com a resolução dessa ação, que envolvia altas cifras e gerava desgaste nos últimos meses. Chegamos a trocar opiniões divergentes, mas tudo isso foi superado. Continuo achando que o diálogo é a melhor maneira de resolver conflitos. Quero parabenizar nosso superintendente Flávio Boson e todo o nosso Jurídico, além do Davidson Malaco e do escritório Ferreira e Chagas (que ajudou no acordo) por todo o suporte, além das pessoas do lado do Fred, como o Pepe Chaves, que ajudaram na construção do acordo”, disse o presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues.

No caso de que haja algum atraso no pagamento das parcelas, todas as restantes terão seu vencimento antecipado, com multa de 10% ao Cruzeiro. Ainda existe uma outra ação na Justiça movida pelo jogador contra o ex-clube, esta em torno de R$ 3,3 milhões.

LEIA MAIS

Indicado por Sampaoli, Cacá responde sobre as chances de jogar no Atlético

(Crédito da foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)