Cruzeiro: Felipão justifica manutenção de Brey na lateral contra o Confiança

Jogada do segundo gol do Confiança veio após drible em lateral; atleta da Raposa sofreu críticas por atuações recentes

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Igor Sales/Cruzeiro

Felipão conheceu nesta sexta-feira (27) sua primeira derrota no comando do Cruzeiro em sua volta, caindo em pleno Mineirão diante do Confiança pelo placar de 2 a 1. E um dos gols fez com que um nome bastante criticado voltasse à ira da torcida, o lateral Patrick Brey.

O treinador, que escalou o jogador na posição em jogos recentes nos quais este também sofreu com falhas e foi criticado, defendeu a oportunidade a Patrick na coletiva. Luiz Felipe Scolari disse que o atleta entrou em campo porque Matheus Pereira, concorrente pela posição, não teria condições de jogar a partida inteira.

“Quanto ao Patrick, vocês viram que o Matheus não tinha condições de atuar os 90 minutos, ele vinha treinando há quatro dias, estava machucado. E, além de machucado, passou por algumas dificuldades. Aos poucos ele vai readquirindo sua condição para que ele possa jogar o jogo todo”, disse Felipão.

O técnico do Cruzeiro prosseguiu defendendo Patrick Brey, afirmando que a derrota para o Confiança não se deu por causa apenas do lateral, que se destacou em partidas com assistências mas tem sofrido com críticas sobre sua atuação na marcação.

“Não adianta colocar o Matheus por colocar quando o Patrick, que vinha jogando razoavelmente bem, cumpria aquilo que a gente pretende e conseguia resultados. Uma equipe não perde só por um jogador e sim porque erramos em alguns aspectos”, comentou o comandante da Raposa.

LEIA MAIS

Internacional x Cruzeiro: assista ao jogo do Brasileirão Sub-20 AO VIVO

 

(Foto: Igor Sales/Cruzeiro)