Técnico da Ponte Preta lamenta empate em casa contra o Brasil de Pelotas: “Frustrante”

Apesar de criar mais chances de gol, Ponte Preta não conseguiu a vitória em Campinas pela 21ª rodada da Série B do Brasileirão

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Alvaro Jr/ PontePress

“O jogo de ontem foi frustrante. Atacamos muito e perdemos dois pontos, essa é a sensação e sentimento de todos”. A frase é de Marcelo Oliveira, técnico da Ponte Preta, após o empate em 1 x 1 com o Brasil de Pelotas, em jogo da 21ª rodada da Série B do Brasileirão disputado na tarde de sexta (13), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Como a rodada tem os confrontos diretos de Juventude x Sampaio Corrêa e América-MG x Cuiabá que acontecem neste sábado (14), um triunfo da Macaca sobre o Xavante poderia fazer a equipe subir posições na parte de cima da tabela de classificação.

Após o empate em 1 x 1, com gols de Sousa para o time gaúcho e de Apodi para a equipe de Campinas, a Ponte Preta ocupa a quinta posição com 32 pontos, dois a menos que o Juventude, o quarto colocado e que fecha a zona de acesso para a Série A de 2021.

“O Brasil de Pelotas veio por uma bola, marcava muito atrás e forte, tem uma boa defesa. Já previa mais ou menos isso, por isso coloquei dois meias e um volante, para tentar construir as jogadas por dentro. A parte boa é que, embora tenhamos trocado mais bola por trás e com certa lentidão, finalizamos o dobro que o adversário. Temos que concretizar mais essas oportunidades criadas”, disse o treinador alvinegro.

Marcelo Oliveira, técnico da Ponte Preta (Foto: Alvaro Jr/ PontePress/ Site oficial AA Ponte Preta)

Marcelo Oliveira, técnico da Ponte Preta (Foto: Alvaro Jr/ PontePress)

Marcelo Oliveira, porém, acredita que o time está começando a trilhar um caminho que o levará de volta ao G4:

“Estou buscando a melhor formação e produção. Quando cheguei, a Ponte estava em terceiro, mas com atuações irregulares, e estamos buscando a formação ideal para buscar o acesso e subir. Para a próxima partida, vamos analisar esse jogo e ser coerentes na melhor formação”, declarou.

Os donos da casa reclamaram bastante da atuação do árbitro paraibano Wagner Reway, que validou o gol supostamente irregular do Brasil de Pelotas assinalado aos 24 minutos do primeiro tempo e anulou aquele que seria o gol da virada ponte-pretana em situação idêntica de impedimento já nos minutos finais do confronto. A Ponte ainda desperdiçou um pênalti em cobrança do atacante João Paulo.

“Temos nossos batedores, indiquei João Paulo, Camilo e Bruno, nesta ordem, porque treinamos cobranças de pênalti quase todo dia e o aproveitamento dele é melhor. Mas isso não deve ser levado como responsável pela derrota, não tem um culpado, todos aqui têm responsabilidade pelo que acontece”, sentenciou Marcelo Oliveira.

A Ponte Preta volta a campo na tarde da próxima sexta (20), às 16h30, no estádio Barradão, em Salvador, diante do Vitória, pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

LEIA TAMBÉM

Santos x Internacional: confira tudo sobre o duelo do Brasileirão

Flamengo x Atlético-GO: como assistir AO VIVO ao jogo do Brasileirão

Grêmio x Ceará AO VIVO: como assistir ao jogo do Brasileirão

SporTV e Premiere transmitem 10 jogos AO VIVO neste sábado (14); confira quais