Raoni Barcelos fala de ‘parceria’ com Glover Teixeira para UFC Vegas 13

Lutador brasileiro irá encara Khalid Taha neste sábado (7), no mesmo card em que o amigo fará o main event

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Arquivo pessoal

Raoni Barcelos estará de volta ao UFC neste sábado. O lutador peso-galo terá pela frente Khalid Taha em mais um combate dentro da organização. E para tal duelo, o brasileiro terá uma torcida bastante especial, justamente a de um dos astros principais da noite.

No mesmo evento em que Raoni subirá ao octógono, Glover Teixeira fará contra Thiago Marreta a luta principal do UFC Vegas 13. Ambos tem uma longa amizade e o fato de lutar ao lado do amigo foi bastante comemorado pelo peso-galo.

“O Glover foi uma das minhas maiores inspirações para luta, além dele ser um grande amigo meu. Ele foi um dos caras que mais incentivou para lutar no MMA, então estou feliz com este momento de poder estar no mesmo card que ele. Quando avisei que a gente lutaria na mesma noite, ele ficou amarradão”, disse o brasileiro.

A amizade entre Raoni Barcelos e Glover Teixeira não fica apenas fora do cage. Por diversas vezes, os dois lutadores fizeram períodos de treinamento para suas respectivas lutas, além de conversas sobre estratégia. Para o duelo deste sábado, ao menos o bate-papo ficará firme na interação entre ambos.

“Está sendo ótimo ficar próximo do Glover nesta semana. Sempre trocamos ideias e nos falamos muito. E agora, é reta final para nós dois, a hora de tirar o peso. Fazer isso perto de ambos fica mais fácil. Minha luta será alguns minutos antes da dele. Vou tentar me esconder na arena para assistir de pertinho, ficar na torcida e mandar energias positivas”, disse o brasileiro.

LEIA MAIS

Valentina Shevchenko sonha com chance de trilogia contra Amanda Nunes

Thiago Marreta relembra longo período fora antes de retorno ao UFC