Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Refugiado camaronês vai jogar no NBB e terminar estudos em universidade

Refugiado camaronês, Adrien Mouaha, disputará o NBB pelo Unifacisa

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Gabriella Tayane/Unifacisa

O binômio basquete e universidade é muito comum nos EUA, berço do esporte. Lá, o basquete universitário leva multidões aos ginásios e dá oportunidade para os jogadores terem um diploma.

Aqui no Brasil, um caso muito parecido acontece. Refugiado camaronês, Adrien Mouaha, apostará no basquete para terminar os estudos. O jogador disputará o Novo Basquete Brasil pelo Unifacisa de Campina Grande na Paraíba.

“Eu sou muito grato pela oportunidade que a universidade me deu, não só no esporte, mas principalmente na educação. Como refugiado e emigrante eu fui forçado a parar de estudar várias vezes e na Unifacisa estou tendo a chance de concluir um curso superior reconhecido, com grandes oportunidades no mercado de trabalho e ainda jogar o esporte que tanto amo. Graças a Unifacisa já penso além do esporte e planejo seguir minha carreira em Sistemas de Informação”, comemora o ala amador ao site do NBB.

Antes de chegar ao País, Adrien morou em Miami com a mãe e os três irmãos. A família teve que fugir da perseguição política em Camarões, e nos EUA, o jogador chegou a terminar o ensino médio. Aí, o basquete mudou seus planos e ele foi parar no Equador.

“Jogando basquete eu conheci um técnico que estava atuando no Equador, o Pepe, ele gostou do meu estilo de jogo e me fez uma proposta de jogar com ele. Infelizmente não me adaptei bem à altitude do país e passava muito mal durante os treinos e jogos, acabei tendo que deixar essa oportunidade de lado”, continua na mesma entrevista.

Sua primeira parada no Brasil, antes de chegar na Paraíba, foi a segunda divisão do Campeonato Paulista.

“Foi um momento difícil, mas graças ao técnico da faculdade de Miami, o Sam Greer, eu pude conhecer o André Brazolin, um ex-jogador de basquete, que comandava uma equipe que estava disputando a segunda divisão do Campeonato Paulista, se me recordo bem. Me mudei para São Paulo e disputei o Paulista com o time dele.”, relembra o batalhador atleta.

Mouaha e seus companheiros do Unifacisa estreiam no NBB na próxima quinta-feira, 12 de novembro, diante do Campo Mourão do Paraná.

LEIA MAIS

Steve Ballmer elogia Ty Lue após chegada do novo head coach do Clippers: “O melhor dos melhores”