Renato Gaúcho se manifesta contra o racismo no jogo Corinthians x Grêmio; veja

Treinador gremista se manifestou após a morte de João Alberto durante o jogo válido pelo Brasileirão

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/SporTV

O treinador gremista, Renato Gaúcho, se manifestou contra o racismo durante a noite deste domingo (22). Na partida Corinthians x Grêmio, o comandante do time gaúcho foi para o gramado do estádio Neoquímica Arena vestindo uma camisa amarela com a mensagem “Vidas Negras Importam”.

A manifestação ocorre após a morte de João Alberto, cidadão brasileiro negro assassinado por dois seguranças de um estabelecimento comercial na última quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

Dentro de campo, Corinthians e Grêmio empataram por 0 a 0. O jogo foi válido pela rodada 22 do Brasileirão Série A.

Ficha técnica – Corinthians x Grêmio

Data: 22 de novembro de 2020

Motivo: Brasileirão Série A (rodada 22)

Local: estádio Neoquímica Arena (São Paulo/SP)

Horário: 20h30 (horário de Brasília)

Titulares Corinthians: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Camacho), Cantillo (Xavier), Otero e Luan (Léo Natel), Jonathan Cafu (Lucas Piton) e Davó (Bruno Mendez) – treinador: Vagner Mancini.

Titulares Grêmio: Vanderlei; Orejuela (Churín), Pedro Geromel, Rodrigues e Bruno Cortez (Diogo Barbosa); Darlan, Matheus Henrique (Victor Ferraz) e Jean Pyerre (Isaque); Luiz Fernando, Pepê e Diego Souza – treinador: Renato Gaúcho.

Assista ao vídeo de Renato Gaúcho a seguir:

Leia também:

Corinthians x Grêmio: árbitro muda decisão, expulsa Marllon, vai ao VAR, mas mantém cartão vermelho

Futebol brasileiro: 7 vezes que o racismo esteve nos holofotes

Narrador da Band diz que Corinthians vai sofrer no segundo turno do Brasileirão: “tem que começar a usar fralda”