Rivers ultrapassa Marino e é o quinto com mais jardas aéreas na história

Em vitória contra os Titans, Rivers ultrapassa Dan Marino e está no top 5 com mais jardas aéreas na história da NFL

Érica Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Em vitória contra o Tennessee Titans, Rivers ultrapassa Dan Marino e está no top 5 com mais jardas aéreas na história da NFL (Twitter/@Colts)

Além da vitória e da liderança da divisão sul da AFC, Philip Rivers levou mais um feito para casa. Com seu primeiro passe da noite, de onze jardas para o running back calouro Jonathan Taylor, o quarterback ultrapassou o lendário membro do Hall da Fama Dan Marino em jardas aéreas na história da NFL. O veterano terminou o jogo com 308 jardas e um touchdown na vitória de 34-17 contra o Tennessee Titans.

Com sua 17ª temporada na liga, entre o San Diego/Los Angeles Chargers e o Indianapolis Colts, Rivers soma 61.666 jardas em 233 jogos de temporada regular. O resto da lista apenas de nomes de peso: Drew Brees (79.536), Tom Brady (76.969), Peyton Manning (71.940) e Brett Favre (71.838).

Gratidão de Rivers

Na entrevista pós-jogo, Rivers se disse grato por ter conseguido jogar durante todo esse tempo. Ainda, “grato que eu estive saudável o suficiente para jogar mais de 230 jogos seguidos e assistir Dan Marino, conhecer Dan Marino […] é tudo muito especial,” disse o quarterback. Acima de tudo, ele exaltou a gratidão de atuar e competir, aos 38 anos, do jogo que ele ama.

“Aqueles caras lá em cima da lista, eu não sei se estou na mesma categoria que eles e está tudo bem,” Rivers comentou. Assim, ele exaltou Dan Marino novamente, “ele estava em um poster na minha parede quando eu era jovem em Decatur e Athens, no Alabama, então é especial”.

Durabilidade

Philip Rivers é um dos quarterbacks mais longevos da liga, o que é notável pelas 17 temporadas que já jogou. Ainda, ele comprova sua durabilidade com 233 jogos seguidos como quarterback titular. Sendo assim, é a sequência ativa mais longa da NFL. Na história, ele é o segundo nesse quesito, atrás apenas do ex-quarterback e hall of famer Brett Favre, com 297 jogos. Rivers chegou a jogar com o ligamento cruzado anterior (LCA) rompido, na final de Conferência contra os Patriots em janeiro de 2008.

 

LEIA MAIS

AFC SUL: O QUE ESPERAR?

PHILIP RIVERS E CHARGERS ENCERRAM PARCERIA DE 16 ANOS E JOGADOR FICA LIVRE NO MERCADO