Rogério Ceni fez duas exigências para assinar com o Flamengo: veja quais foram

Anunciado oficialmente pelo Flamengo, Rogério Ceni assinou contrato até o fim de 2021

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Reprodução/Twitter

O técnico Rogério Ceni foi anunciado como novo treinador do Flamengo na manhã desta terça-feira (10), no dia seguinte do treinador anunciar a saída do Fortaleza. No entanto, antes de aceitar o oferta do Rubro-Negro carioca, o comandante fez duas exigências importantes.

De acordo com o “Blog do Marcel Rizzo“, do UOL Esporte, o treinador avisou que só aceitaria iniciar uma conversa com o Flamengo a partir do momento que o clube não mais tivesse um treinador e que antes de qualquer conversa o time carioca entrasse em acordo com o Fortaleza, comunicasse o interesse e que garantisse o pagamento da multa rescisória de R$ 960 mil.

Proposta irrecusável para Rogério Ceni

O Flamengo cumpriu as duas exigências, mesmo sem ter 100% de certeza que Rogério Ceni aceitaria a oferta para assumir o clube neste momento e assinasse contrato até o fim de 2021 – o treinador deve fazer sua estreia já nesta quarta-feira (11) no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, diante do São Paulo, no Maracanã (21h30).

Apesar do treinador dizer que não pretendia deixar o comando do Fortaleza até o fim de seu contrato, no início de 2021, a proposta do Flamengo foi considerada irrecusável, não só pelo lado financeiro, mas pela excelente possibilidade de ganhar títulos já nesta temporada.

LEIA MAIS: