Sá Pinto diz que é ‘inacreditável’ cultura de demissões de técnicos do Brasil

Técnico do Vasco admite que se preocupa com times brasileiros demitindo técnicos durante a temporada

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Vasco da Gama

Ricardo Sá Pinto chegou ao Vasco para se tornar o treinador da equipe e trabalhar num país que, é tradicionalmente, um local onde técnicos são demitidos durante todos os meses, sem conseguir iniciar ou dar sequência a seus trabalhos.

E isto foi tema de comentário durante entrevista ao ‘Aqui com o Benja‘ do Fox Sports. Citando a demissão de Bruno Lazaroni, do Botafogo, que deixou o clube pouco tempo depois de assumir, o treinador português afirmou serem ‘inacreditáveis’ as mudanças constantes de comando técnico dos times brasileiros.

“O que me preocupou mais foi a questão desportiva. Fala-se muito que os dirigentes não tem paciência com os técnicos. Essa é uma situação que não gosto. Vi o que aconteceu com o Lazaroni no Botafogo. Não ficou um mês e foi demitido. É inacreditável!”, disse Sá Pinto.

E o próprio Sá Pinto sabe que pode ser o próximo da lista se não conseguir dar ao Vasco a reação necessária durante a temporada.  Por isso, já se posiciona para tentar evitar virar o novo objeto de conversas sobre contratações e demissões de técnicos no Brasil.

“Muitos tem pouco tempo para mostrar seu trabalho e sua capacidade. É uma situação de risco vir com contrato curto e não saber até quando vou ficar. Acho que tenho capacidade de fazer um bom trabalho e espero ter tempo suficiente para que isso aconteça. Meu contrato vai até o fim do Brasileiro e o Vasco tem a opção de renová-lo”, comentou.

LEIA MAIS

Ricardo Sá Pinto exalta trabalho de Jorge Jesus no Flamengo: “Fico contente que me comparem com ele”

Athletico Paranaense x Vasco: como assistir AO VIVO ao jogo do Brasileirão Sub-20