Torcedores – Notícias Esportivas

7 jogadores que passaram pelo futebol chinês e talvez você não lembre

Atletas famosos que tiveram passagem rápida pelo país

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação/ Chelsea

O futebol chinês se tornou destino de vários jogadores importantes do Brasil e da Europa desde que os clubes do país passaram a realizar grandes investimentos.

Porém, nem todas as contratações do futebol chinês dão certo e alguns atletas passaram por lá sem deixarem lembranças ou saudades.

Veja 7 jogadores conhecidos que passaram pelo futebol chinês e talvez você não lembre:

Yannick Ferreira Carrasco
O jogador do Atlético de Madrid surpreendeu quando em 2018, aos 25 anos, aceitou uma proposta do Dalian Yifang. Um ano e meio depois, porém, o belga voltou ao próprio Atleti.

Didier Drogba
Herói do título da Liga dos Campeões do Chelsea em 2012, Drogba foi mais um a surpreender e aceitar proposta do Shanghai Shenhua logo após a conquista. Ficou menos de um ano na China, marcou oito gols em 11 jogos e foi para o Galatasaray em 2013.

Ricardo Carvalho
Titular da seleção portuguesa por vários anos, com passagens por Chelsea e Real Madrid, Ricardo Carvalho deixou o Monaco em 2016 para fechar com o Shanghai SIPG para a temporada 2017. A contratação não deu certo, o defensor fez apenas cinco jogos e se aposentou.

Nemanja Gudelj
O volante sérvio, titular do Sevilla campeão da Liga Europa, deixou o Ajax em 2017 para passar duas temporadas na China mesmo no auge de sua forma física. Atuou por Tianjin Teda e Guangzhou Evergrande. Em 2019 voltou ao futebol europeu.

Óscar Romero
Irmão gêmeo de Angel Romero, ex-Corinthians, o meia canhoto Óscar passou pelo Alavés, da Espanha, e não brilhou, deixando o clube em 2018 para surpreendentemente fechar com o Shangai Shenhua, da China, aos 26 anos. Foram duas temporadas sem grandes sucessos e volta à América do Sul para defender o San Lorenzo.

Axel Witsel
O volante titular da seleção belga foi mais um a deixar a Europa no auge da carreira, aos 27 anos, para assinar com o Tianjin Quanjian, da China. Ficou um ano por lá, foi bem, e chamou a atenção do Borussia Dortmund, que o contratou e o levou de volta à elite do futebol.

Júnior Moraes
Titular absoluto do Dinamo de Kiev, artilheiro na Ucrânia e com moral no país, Junior Moraes decidiu aceitar proposta para defender o Tianjin Quanjian em 2017. A passagem foi curta, durou quatro jogos com dois gols, e o atleta retornou ao país em que fez fama para se consolidar como titular absoluto do Shakhtar Donetsk.

Leia mais:
Liga das Nações da UEFA: saiba onde assistir aos jogos