Abel revela o seu novo jogador titular, elogia candidatos à presidência do Inter e promete tomar vinho por vitória

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico do Inter após a vitória diante do Botafogo

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte/Inter

Depois de sete jogos sem vencer no Brasileirão, o Inter enfim fez as pazes com as vitórias ao virar sobre o Botafogo, em casa, neste sábado, por 2×1, indo momentaneamente ao 5° lugar com um total de 41 pontos – o próximo jogo é sábado que vem, 21h, diante do Palmeiras, também em Porto Alegre. Veja os principais trechos da coletiva do técnico Abel Braga.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Praxedes, convocado à seleção sub-20, é seu titular

“Meu time é esse aí que está jogando. Com o Praxedes. O garoto deu uma liga muito boa para o time. Nós temos que brigar por tudo aquilo que é possível. O grupo tem brio e sabe o que representa conquistas. Vamos tentar buscar”

Eleições presidenciais do Inter

“Sou apolítico. Sou amigo. Tenho uma identidade enorme com o clube e o torcedor. Quero ser só uma peça na engrenagem. Não sei se quem for eleito irá querer que eu cumpra meu contrato até fevereiro. Eu estou à vontade. Trabalhando com naturalidade. A postura dos candidatos é muito boa. Estão colocando o clube em primeiro lugar. Não precisei trabalhar esse lado, porque não houve nenhuma interferência no grupo”

Vinho pela vitória

“Inter estava precisando de mim e eu sempre estarei disposto. Essa vitória me fez bem. Quando eu pegar a taça de vinho hoje, vai me fazer muito bem”

Substituições

“O Rodinei tomou o amarelo e depois o banco do Botafogo fez aquela pressão pela expulsão na bola na mão. Era o papel deles mesmo. E eu fiquei com medo, daqui a pouco uma nova falta, aquela coisa toda. E tirei pra entrar o Heitor, que é um jogador muito rápido por aquele lado. Rodinei segurou mais, como já tinha feito na Bombonera. E o Lindoso vinha de um jogo extraordinário contra o Boca. Hoje as coisas não foram como esperávamos. E eu tinha o Dourado fresco para entrar. Vai ser assim até o fim. Sem mudar a nossa forma, mas nos adaptando às características dos adversários”

Bola aérea defensiva

“Não tomamos gol de cabeça contra o Boca e contra o Atlético/GO. O percentual de gols de bola área já baixou bastante. Hoje eles tinham uma dupla de zaga alta e o Pedro Raul, que é um ótimo cabeceador. Depois ainda entrou o Babi. Foi um gol complicado a nível de rebote e de cruzamento”

Yuri Alberto e Galhardo

“Yuri é um jogador muito combativo. Fico muito feliz, pois é um menino espetacular e que trabalha muito. Corre muito. Quer fazer tudo com velocidade. Hoje falei pra ele que, às vezes, pode ir com mais calma. Que bom que os gols estão saindo. E eu, particularmente, também torço pelo Galhardo voltar a fazer os gols que vinha fazendo. Mas não há pressão em cima dele”

LEIA MAIS:

Auxiliar de Tite explica o que falta para convocação de Jean Pyerre, e Grêmio traça plano para o meia após desconforto

Matheus Henrique cita brincadeiras com meia do Inter e diz que Kannemann é quem mais cobra: “Ele se transforma”

Presidente do Inter aponta erro do juiz no último Gre-Nal e minimiza jejum no clássico: “Estamos na frente desde 1945”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram