Apoiado por Tinga, Índio desiste de participação política no Inter: “Futebol deixou de ser prioridade”

Ex-zagueiro colorado Índio publicou um longo esclarecimento através das suas redes sociais oficiais

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/YouTube

A chapa 03 do candidato à presidência do Inter, José Aquino Flôres de Camargo, perdeu um importante apoiador neste domingo. Através de uma longa nota publicada nas suas redes sociais, o ex-zagueiro Índio declarou que não tem mais o interesse de participar da política do clube e que está fora “desse jogo”.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Confira a íntegra do seu posicionamento:

“Boa Noite Nação!

Nesta última semana escutei muito a torcida e amigos. Confesso que estou preocupado com o que venho acompanhando da política envolvendo nosso amado Internacional. O mais importante que seria a nossa força dentro das 4 linhas deixou de ser prioridade.
Ninguém mais que a torcida sabe o quanto me dediquei, o quanto me esforcei para trazer alegrias e conquistas, sempre honrando a nossa camisa.

Estamos passando por um momento turbulento e nebuloso, e com tudo que venho acompanhando, estou me retirando dos assuntos políticos do clube. Esse universo não me pertence, estou fora deste jogo!

Que todos pensem no futuro do Sport Club Internacional acima de tudo e todos. Desta forma, estarei ao lado de quem sempre estive, da torcida colorada. 🇦🇹 NADA VAI NOS SEPARAR!”

Tinga apoia Índio

Nos comentários do post no Instagram, o ex-volante Paulo César Tinga deu total apoio ao ex-companheiro nos títulos das Libertadores de 2006 e 2010:

“Parabéns Índio, você é colorado, não é chapa nenhuma, você é ídolo eterno que levou o Inter ao seu maior feito, o Mundial”, escreveu.

Na última semana, o Inter soltou nota oficial prometendo apurar denúncias de vazamentos de dados de sócios aptos ao voto nas eleições presidenciais. Relatos dão conta de que associados vinham sendo abordados indevidamente com pedidos de votos.

A eleição para o conselho e para a presidência entre Alessandro Barcellos e José Aquino Flôres de Camargo ocorre no dia 15, envolvendo cerca de 60 mil sócios aptos a votarem online.

LEIA MAIS:

Auxiliar de Tite explica o que falta para convocação de Jean Pyerre, e Grêmio traça plano para o meia após desconforto

Matheus Henrique cita brincadeiras com meia do Inter e diz que Kannemann é quem mais cobra: “Ele se transforma”

Presidente do Inter aponta erro do juiz no último Gre-Nal e minimiza jejum no clássico: “Estamos na frente desde 1945”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram