Francis Ngannou desabafa sobre demora para lutar por cinturão dos pesados

Camaronês deve ser o próximo desafiante ao cinturão, mas há indefinição sobre quando Stipe Miocic deve retornar para defender título

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

A categoria peso-pesado do UFC vive uma fase de impasse. Não se sabe quando o campeão Stipe Miocic irá defender seu título, ainda que possivelmente isso aconteça no começo de 2021, e tal indefinição deixa o possível desafiante, Francis Ngannou, incomodado

Sem lutar desde maio, quando nocauteou Jairzinho Rozenstruik, o camaronês não sabe se será mesmo o desafiante aot título e nem a data certa para desafiar o americano. Em entrevista ao MMAFighting, ‘The Predator’ deixou claro a frustração com o longo tempo sem lutar.

“Parece que faz anos que não luto. É frustrante saber que eu não posso fazer nada sobre isso. Até mesmo antes da minha última luta, eu passei por uma situação dessas e agora terei que passar de novo por ela. Fiquei esperando pela luta do Stipe com o DC (Daniel Cormier) em julho e achei que iriam me colocar para lutar agora em dezembro. Voltei de Camarões porque achava que em dezembro ou até janeiro eu pudesse lugar. Claro, agora, já não sei mais. Me falaram que eu lutaria em março, mas não tem nada oficial”, disse Ngannou.

Diversos fatos contribuíram para que o camaronês não conseguisse voltar a lutar pelo título, como a própria pandemia do coronavírus ou fato de que, enquanto foi campeão dos pesados, Cormier não o enfrentou, preferindo outros rivais, como a trilogia com Miocic.

“A única coisa que essa trilogia entre Stipe e Cormier é que a divisão ficou parada por muito tempo. A não ser pelas lutas deles, são já dois anos que ninguém defende o cinturão. Nenhum desafiante mais lutou pelo cinturão. Não sei quanto tempo isso vai durar, mas sei que não estou sozinho nessa. Outros lutadores também acham que, se ninguém mais está lutando pelo título, a divisão trava e ninguém luta com esse propósito. O pessoal dos pesados não sabe mais por que estão lutando”, afirmou.

LEIA MAIS

UFC terá série de demissões em massa de lutadores, revela Dana White

Evander Holyfield pede chance de trilogia contra Mike Tyson

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook UFC Brasil)