Lutador do UFC recebe suspensão por ‘drible’ em antidoping

Yair Rodríguez, peso-pena do Ultimate, não cumpriu com protocolos do programa de testes antidoping e ganhou seis meses de suspensão.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram Yair Rodriguez

O antidoping do UFC voltou a fazer mais uma ‘vítima’. Mas, desta vez. não por um caso de um lutador que foi pego num exame, mas por ter dado um ‘drible’ no programa de antidoping e não informado aonde estava para os testadores da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos).

No caso, o lutador é o peso-pena Yair Rodríguez. O mexicano foi suspenso por seis meses pela USADA por não ter informado por três vezes o seu paradeiro aos técnicos da agência que conduzem o programa de testes do Ultimate durante um período de 12 meses, confirme as regras do antidoping da organização

Segundo o regulamento, todos os lutadores e lutadoras do UFC tem de dizer ao controle antidoping aonde estarão para que estes possam fazer o testes fora do período de competição. Não revelar à USADA locais em que possa estar pode render violações e três violações consecutivas podem causar sanções.

A pena chegou em seis meses porque, segundo a USADA, Rodríguez não agiu de má fé ao não informar o seu paradeiro neste período. Com isso, não terá uma suspensão por longo prazo e poderá lutar pelo UFC ainda em 2021.

Rodriguez está fora dos octógonos desde 2019 e teve luta contra o russo Zabit Magomedsharipov cancelada por causa de lesão neste ano.


LEIA MAIS

Rose Namajunas revela trauma ao lembrar de ataque a ônibus no UFC 223>

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram Yair Rodriguez)