UFC 256: Com pesagem 100% ‘perfeita’, Deiveson confirma luta por cinturão

Brasileiro irá defender título dos moscas contra Brandon Moreno; nenhum lutador participante do UFC 256 ficou acima do peso

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

A última barreira antes do UFC 256, neste sábado (12), em Las Vegas (EUA), foi ultrapassada. A pesagem oficial foi realizada nesta sexta-feira (11) e todos os lutadores e lutadoras que irão participar do card bateram o peso.

A principal estrela da noite, o brasileiro Deiveson Figueiredo foi o primeiro a ir para a pesagem e bateu em 56,4kg, confirmando que irá defender o cinturão peso-mosca (57kg). O rival do ‘Deus da Guerra’, Brandon Moreno, cravou também 56,4kg e ratificou seu status de desafiante.

Depois da ‘ameaça’ de Tony Ferguson de recusar lutar se não batesse o peso, Charles do Bronx se pesou em 70kg, limite da categoria peso-leve, e confirmou sua presença na luta. Já ‘El Cucuy bateu em 70,3kg, e com a tal ‘libra de tolerância, também bateu o peso.

Os outros cinco brasileiros que estarão no UFC 256 não tiveram problema algum para bater os respectivos pesos e confirmarem suas lutas. Mackenzie Dern e Virna Jandiroba, que se enfrentam numa das lutas do card, bateram ambas 52,1kg. Junior Cigano cravou 111,8kg para sua luta contra o francês Cyril Gane.

Ronaldo Jacaré enfrentará Kevin Holland e bateu em 84,1kg. Já Renato Moicano, que enfrentará Rafael Fiziev, se pesou em 70,3k.

LEIA MAIS

Tony Ferguson detona McGregor em entrevista: “Ele me deve US$ 500 mil”