UFC Vegas 17: Confira todos os resultados do último evento de 2020

Último UFC do ano teve vitória de José Aldo e outros brasileiros no card deste sábado (19)

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

O sábado (19) vivenciou o UFC Vegas 17, último evento do Ultimate Fighting Championship em 2020. Um card repleto de brasileiros e que teve como luta principal o duelo meio-médio entre Stephen Thompson e Geoff Neal.

Ex-desafiante ao cinturão da categoria, Thompson fez uma performance dominante contra o rival. ‘Wonderboy’ deixou pouco espaço para iniciativa do ‘Handz of Steel e faturou a vitória na decisão dos juízes.

O co-main event teve brasileiro em ação. José Aldo encarou Marlon Vera em busca da primeira vitória na divisão dos galos. O brasileiro, que vinha de duas derrotas desde que desceu de divisão, não teve grandes problemas para impor seu jogo e conquistar o primeiro triunfo na categoria.

No card principal do UFC Vegas 17, o Brasil também teve outros dois representantes. Michel Pereira fez uma luta bastante disputada com Khaos Williams, com os juízes laterais dando ao ‘Paraense Voador’ a vitória. Já Marlon Moraes até teve bons momentos contra Rob Font, mas foi nocauteado pelo americano e perdeu a segunda seguida.

Mais dois brasileiros entraram em ação no card preliminar. Taila Santos venceu a segunda na organização ao bater a canadense Gillian Robertson. Já Antônio Arroyo caiu diante de Deron Winn.

Resultados UFC Vegas 17 – Thompson x Neal

Card principal

Stephen Thompson (EUA) venceu Geoff Neal (EUA) por decisão unânime dos juízes (triplo 50-45)

José Aldo (BRA) venceu Marlon Vera (EQU) por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Michel Pereira (BRA) venceu Khaos Williams (EUA)  por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Rob Font (EUA) venceu Marlon Moraes (BRA) por nocaute técnico (primeiro round, 3:47)

Marcin Tybura (POL) venceu Greg Hardy (EUA) por nocaute técnico (segundo round, 4:31)

Card Preliminar

Anthony Pettis (EUA) venceu Alex Morono (EUA) por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Pannie Kianzad (SUE) venceu Sijara Eubanks (EUA) por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Deron Winn (EUA) venceu Antônio Arroyo (BRA) por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Taila Santos (BRA) venceu Gillian Robertson (CAN)   por decisão unânime dos juízes (duplo 30-26 e 29-28)

Tafon Nchukwi (CMR) venceu Jamie Pickett  (EUA)  por decisão unânime dos juízes (30-26 e duplo 30-25)

Jimmy Flick (EUA) venceu Cody Durden (EUA) por finalização/triângulo voador (primeiro round, 3:18)

Christos Giagos (EUA) venceu Carlton Minus (EUA)  por decisão unânime dos juízes (30-26, 29-27 e 29-28)