Após briga com Lukaku, Ibrahimovic se manifesta e nega ter sido racista

Lukaku e Ibrahimovic protagonizaram uma grande confusão no clássico entre Inter de Milão e Milan 

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Reprodução/DAZN

Inter de Milão e Milan se enfrentaram ontem pelas quartas de final da Copa Itália. Durante a partida, Lukaku e Ibrahimovic se desentenderam e trocaram ofensas. Em uma delas, o atacante sueco foi acusado de racismo. “Chame sua mãe, vá fazer seus rituais de vodu de merda, burro”, disse o jogador do Milan.

Thiago Silva fala em retorno ao Brasil e cita time em que deseja atuar

Alexandre Pato anuncia retorno ao futebol e revela aonde deseja jogar

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

Na manhã desta quarta-feira, Ibrahimovic se manifestou e negou ter sido racista. Em seu Twitter o jogador escreveu que não existe espaço para racismo em seu mundo.

“No mundo do Zlatan não há lugar para o racismo. Somos todos da mesma raça – somos todos iguais! Somos todos jogadores, alguns melhores do que outros”, escreveu o jogador.

A confusão entre Ibra e Lukaku

Torcedor leitor tem descontos exclusivos no Clude!

Após o atacante Sueco dizer: “Chame sua mãe, vá fazer seus rituais de vodu de merda, burro”, Lukaku respondeu: “F…-se você, você e sua mãe. Vamos conversar sobre a sua, sua mãe: é um p…”.

Ibrahimovic ainda foi expulso da partida, mas não por conta da confusão, mas sim por ter tomado o segundo amarelo.

O Milan, que saiu na frente não resistiu e tomou a virada e perdeu por 2×1. Agora, classificada, a Inter de Milão vai enfrentar o  vendedor de Juventus ou Spal nas semifinais da competição.

Mais sobre o autor:

Twitter

Instagram