Botafogo terá de repetir 2008 para evitar queda para a Série B

Com 99% de chance de cair, Glorioso precisa de grande série de vitórias para não ser rebaixado

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Botafogo

O Botafogo convive com o drama de ter que brigar contra o rebaixamento para a Série B e ver o descenso tão próximo de si. A equipe alvinegra tem cerca de 99% de chances de cair e vem acumulando derrotas nas últimas rodadas. E precisará de uma grande sequência de vitórias para escapar da queda.

Na estimativa do Lance!, para que o Fogão possa sonhar em ficar na Série A, terá que vencer as seis rodadas que lhe restam no Campeonato  Brasileiro. Uma sequência que o time não consegue desde 2008, quando era treinado por Ney Franco.

Naquele ano, foram seis vitórias contra Goiás, Figueirense, Athletico Paranaense, Palmeiras, Sport e Cruzeiro. É a maior sequência de vitórias do Glorioso na chamada ‘era dos pontos corridos’ (desde 2003) e, desde então, nunca mais o time conseguiu chegar a esta marca. Apenas em 2016, com Jair Ventura, chegou a cinco vitórias seguidas, mas um empate com o Coritiba impediu que a sequência fosse igualada.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

Mas mesmo que o time possa alcançar as seis vitórias seguidas, que lhe fariam chegar a 41 pontos na tabela, não há garantia de que o time de Eduardo Barroca possa ficar na Série A. Por ser o lanterna, com 23 pontos, o Botafogo já não depende mais de suas forças para poder evitar o rebaixamento e terá que torcer para tropeços dos rivais.

Na terça-feira (2), no Allianz Parque, a equipe carioca pode ter a chance iniciar uma sequência que poderia gerar um ‘milagre’, contra o Palmeiras. Além do Verdão, a sequência inclui dois confrontos diretos, contra Sport e Goiás, além de Grêmio, São Paulo e Ceará.

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial Botafogo)