Diniz nega ‘medo’ de demissão após goleada do Inter sobre São Paulo

Técnico tricolor se responsabilizou pela derrota de 5 a 1 para o Colorado em pleno Morumbi

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial São Paulo

O São Paulo conseguiu sua pior derrota no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (20) ao ser goleado em pleno Morumbi pelo Internacional pelo placar de 5 a 1. Com isso, e a perda da liderança da competição para o Colorad o, a pressão sobre Fernando Diniz passou a ser ainda maior.

Após o jogo, na coletiva, o treinador falou novamente sobre a pressão por uma possível demissão. Diniz afirmou ‘não ter medo’ de deixar o cargo por causa de goleada e da série de maus resultados que o Tricolor vem passando neste momento. E ressaltou o apoio dado pela diretoria a seu trabalho.

“Essa pergunta eu já respondi muitas vezes no momento de pressão. Não tenho medo de perder emprego, trabalho com dedicação para poder conquistar este título tão sonhado. Sempre me senti apoiado aqui, pela diretoria que saiu (Leco) e por essa que entrou (Júlio Casares)”, disse o técnico são-paulino.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

O treinador prontamente se colocou como ‘maior culpado’ tanto pela derrota como pela atual má fase do Tricolor no Brasileiro. Fernando Diniz acredita que terá tempo para conseguir parar esta série negativa e voltar a sonhar coma taça.

“Se eu carrego alguma culpa ou responsabilidade, a maior é minha. A maior responsabilidade é minha, estou trabalhando naquilo que posso e consigo. Acredito que vamos conseguir reverter isso e colocar o São Paulo de volta no campeonato”, disse.

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial São Paulo)