Despedida? Gallardo diz que permanência no River Plate vai depender de “balanço”

Treinador do River Plate afirmou que vai analisar seu futuro com calma

Bruno Romão
23 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Antes do confronto decisivo diante do Palmeiras, Marcelo Gallardo avaliou seu futuro no River Plate. Apesar de ainda contar com um grande prestígio no clube, o treinador deixou em aberto uma possível saída em caso de eliminação na Libertadores. Sendo assim, o profissional irá avaliar a temporada e bater o martelo sobre sua permanência na equipe.

“Não estou aqui para falar da minha continuidade. Quando terminar nossa participação na Copa, vou fazer um balanço do ano para ver se tenho mais razões para seguir ou não seguir. Quando terminar este mês, aí falaremos de novo para ver como seguimos“, declarou em coletiva de imprensa.

RIVER COMPETITIVO

Além disso, mesmo com a derrota de 3 a 0 no primeiro jogo contra o Palmeiras, Gallardo defendeu seus jogadores. Portanto, em sua visão, o River Plate pode reverter a vantagem do time brasileiro, prometendo que um time bastante competitivo vai estar em campo no Allianz Parque.

“Parece que agora somos um desastre, e não somos. Somos uma equipe que cometeu erros. A questão é não se confundir ou se desesperar com o que te faz pensar que o time é ruim, apagado, que deu facilidades… Todas aquelas coisas que falam contra nós de forma negativa. Eu tenho que sentar com minha equipe de trabalho e com meus jogadores e dizer a eles que somos algo totalmente diferente. Você não chega a essas instâncias por acaso ou por ser uma equipe que comete muitos erros. Tenho que ter muita calma para detectar os problemas desses jogos sem me confundir”

“Amanhã (terça) seremos uma equipe completamente competitiva, e, se perdermos, será uma derrota sendo um time competitivo. Tentaremos seguir sendo o que sempre fomos e acreditando nas convicções que sempre tivemos juntos em todos esses anos”, completou.