John Wall explica como ficou sabendo de troca entre Wizards e Rockets: “Estava planejando o aniversário do meu filho”

Falando ao portal The Athletic, John Wall também falou sobre saudade do Wizards e ranking que o colocou fora dos 80 melhores jogadores da NBA

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O período de free agency da National Basketball Association (NBA) teve uma troca surpreendente em 2020. Histórico jogador do Washington Wizards, John Wall trocou de camisa e foi para o Houston Rockets. A troca, de tão surpreendente, pegou desprevenido até mesmo o armador. Em entrevista ao portal The Athletic, ele falou a respeito.

De acordo com o próprio John Wall, ele foi informado sobre a troca enquanto tinha uma atitude bem prosaica e familiar. “Foi meio estranho. Estava tentando planejar o aniversário do meu filho, no dia 05 de dezembro. E, em seguida, na noite de 02 de dezembro, recebo a ligação informando que fui negociado”, destacou o jogador.

O armador não escondeu o carinho que tem pelo Wizards e por Washington. “Foi difícil, muito difícil. Meu coração sempre estará lá. É como se minha segunda casa fosse DC por 10 anos. Fiz tanto naquela comunidade, fui draftado lá, quebrei recordes lá. Eles me viram crescer de um menino para um homem. Todos eles têm meu amor e meu apoio” destacou John Wall relembrando os tempos no Distrito de Colúmbia.

Novo desafio e motivação

Apesar de não esconder a saudade da antiga franquia, John Wall afirmou que quer se destacar no Rockets. “É parte de um negócio, então minha mentalidade é, ‘Ok, estou em Houston agora, esta é a equipe que tenho, posso ser um líder aqui’. Às vezes é melhor começar do zero. Estou muito animado com isso”, destacou o atleta.

Listado fora dos oitenta melhores jogadores da NBA atualmente, John Wall destacou que isso apenas serve para deixá-lo ainda mais motivado. “Eu li coisas do tipo ‘Oh, ele não é atlético, não é mais rápido’, foi classificado em 81º. Tudo isso é mais motivação para eu tentar provar que as pessoas estão erradas”, finalizou o armador.