Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após doar refeições para necessitados e para jogadoras da WNBA, Kyrie Irving doa nove bolsas de estudo universitárias

De acordo com reportagem do portal The Athletic, Kyrie Irving fez doação de surpresa; armador do Brooklyn Nets fez outras doações durante a pandemia

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O ano de 2020 teve uma série de notícias ruins para todos. A pandemia e ações de repressão de minorias ao redor do globo em todo o planeta foram duas das mais comuns. Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets, franquia da National Basketball Association (NBA), buscou dar esperanças para alguns felizardos no começo de 2021. A informação é do portal The Athletic.

De acordo com a reportagem, o jogador financiou bolsas de estudos em faculdades para nove estudantes. A doação de Kyrie Irving, de acordo com a publicação, aconteceu no dia 10 de dezembro e não era esperada pelos estudantes.

Mais doações

Não é a primeira vez que Kyrie Irving faz ações positivas para a comunidade. A pandemia, por sinal, jogou luz para as boas ações do armador do Nets. Em março, ele doou US$ 323 mil (cerca de R$ 1,7 milhão) em refeições para os mais necessitados. Na época, ninguém o quanto duraria as medidas de isolamento social. Todos, entretanto, já sentiam os efeitos econômicos da mesma.

Outra atitude teve muita repercussão durante a pandemia. E ela tem a ver com a outra grande liga profissional de basquete dos Estados Unidos. Kyrie Irving doou cerca de US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7,95 milhões) para atletas da Women’s National Basketball Association (NBA) que não participaram da bolha da liga, em Bradenton, na Florida.

Histórico

Na faculdade, Kyrie Irving jogou em Duke Blue Devils. Primeira escolha do Draft NBA 2011, a primeira equipe do armador foi o Cleveland Cavaliers – equipe que o draftou. Ele saiu da equipe de Ohio em 2017, quando foi para o Boston Celtics. Em 2019, nova troca: saiu de Massachussets e foi para o Nets, em Brooklyn, de New York. Conquistou a NBA Finals em 2016, no Cavs, e foi seis vezes all-star na liga.