Libertadores: 15 fatos curiosos que talvez você não saiba sobre a competição

Confira algumas histórias, curiosidades e informações da mais importante competição de clubes da América do Sul

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Conmebol Libertadores

No próximo sábado (30), às 17h00, Palmeiras e Santos medem forças na grande final da Copa Libertadores da América de 2020, em clássico que será disputado no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O Peixe busca o quarto título, enquanto o Verdão vai atrás de seu segundo troféu.

Aproveite o momento e confira abaixo 15 questões curiosas e suas respostas sobre o maior torneio de clubes de futebol do nosso continente, organizado pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e realizado desde 1960.

1. Qual é o maior campeão da Copa Libertadores? E o país com o maior número de títulos?

Apesar de ter conquistado seu último título da Libertadores há 37 anos, o Independiente, da Argentina, ainda é o maior campeão com sete troféus (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984), seguido pelo também argentino Boca Juniors (seis vezes campeão) e pelo uruguaio Peñarol (cinco vezes), que também é o time que mais vezes foi vice-campeão (cinco).

A Argentina é o país que mais venceu, somando 25 títulos: Independiente (sete), Boca Juniors (seis), River Plate e Estudiantes (quatro cada), Racing, Argentinos Juniors, Velez Sarsfield e San Lorenzo (um título cada). O Brasil vem em segundo lugar, somando 19 competições. Bem atrás aparece o Uruguai em terceiro, com oito.

2. De onde surgiu o nome “Libertadores da América”?

O nome é uma homenagem aos grandes líderes das missões de independência dos países da América do Sul, como por exemplo Simon Bolívar, Bernardo O’Higgins, José Artigas, José Joaquín de Olmedo, Manuel Belgrano e Dom Pedro I, entre outros, os “libertadores” que resistiram ao domínio europeu no continente.

3. Qual é o brasileiro campeão da Libertadores como jogador e treinador pelo mesmo clube?

O Grêmio, de Fernandinho, Arthur e Luan, superou o Lanús (ARG) na final de 2017 e conquistou o título, que fez Renato Portaluppi, também conhecido por Renato Gaúcho, se tornar o primeiro brasileiro a conquistar a Libertadores como jogador e treinador por um mesmo clube do país.

4. Qual foi o primeiro clube brasileiro campeão da Libertadores? E o último?

Com o ataque dos sonhos formado por Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, o Santos derrotou na final o Peñarol por 3 x 0 e foi campeão da terceira edição da Libertadores, em 1962.

O Flamengo de Gabigol, Bruno Henrique, Everton Ribeiro e De Arrascaeta, comandado pelo português Jorge Jesus, enfrentou o argentino River Plate na final de 2019, venceu de virada por 2 x 1 e foi o último campeão.

O Flamengo foi o último campeão da Libertadores em 2019 (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo)

O Flamengo foi o último campeão da Libertadores em 2019 (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo)

5. Como é o troféu da Libertadores? O clube campeão fica com ele ou com a réplica?

Criado no Peru em 1959, o troféu original é feito de prata, tem 99 centímetros de altura, pesa pouco mais de dez quilos e fica permanentemente dentro do museu da Conmebol, localizado em Assunção, no Paraguai.

O campeão recebe uma réplica que fica em sua galeria até o fechamento da tabela do próximo torneio. A réplica então é devolvida à Conmebol, que entrega ao clube uma versão definitiva com tamanho 25% menor.

6. Quais clubes brasileiros já foram campeões da Libertadores?

Em 60 edições já realizadas do torneio, Grêmio, Santos e São Paulo são os times brasileiros que mais venceram, com três títulos cada um. Em seguida, vêm Internacional, Cruzeiro e Flamengo, com dois troféus cada. Completam a lista Atlético-MG, Corinthians, Palmeiras e Vasco (um título cada).

Todos os times brasileiros campeões da Copa Libertadores (Imagem: Reprodução/ Twitter Conmebol Libertadores/ @LibertadoresBR)

Todos os times brasileiros campeões da Copa Libertadores (Imagem: Reprodução/ Twitter Conmebol Libertadores/ @LibertadoresBR)

7. Qual é o clube que mais vezes participou do torneio até hoje? E o clube do Brasil com maior número de participações?

Dois clubes uruguaios, Nacional e Peñarol, ambos com 48 participações. Na sequência, vem o paraguaio Olímpia, com 42 Libertadores já disputadas no currículo.

Grêmio, Palmeiras e São Paulo são os times brasileiros com mais edições na bagagem, no total de 20 participações. O Tricolor gaúcho entrou em campo 203 vezes pelo torneio, seguido pelo Verdão com 196 partidas e o Tricolor paulista, com 189 duelos. O Santos, finalista da atual temporada, participou 15 vezes em 142 jogos.

O Alvinegro da Vila Belmiro tem 75% de aproveitamento nas quatro finais que disputou, sendo campeão três vezes (1962, 1963 e 2011) e vice-campeão em 2003.

8. O que significam as “plaquinhas” de metal fixadas no troféu da Libertadores?

Todos os clubes campeões possuem uma plaquinha de metal no corpo de cedro da taça, com o escudo e o ano de cada conquista. O Independiente, por exemplo, tem sete plaquinhas fixadas no troféu. Grêmio, Santos e São Paulo, três. Corinthians e Palmeiras, apenas uma.

Foto: Divulgação/ Site oficial da Conmebol

Foto: Divulgação/ Conmebol

___________________________________

Final da Libertadores: Conmebol disponibiliza “ingressos solidários” para combater pandemia

SporTV e Premiere: confira quais jogos desta semana serão transmitidos AO VIVO

___________________________________

9. Quem é o maior artilheiro da Libertadores? E o maior goleador brasileiro?

O atacante equatoriano Alberto Spencer, apelidado de “Cabeza Magica”, é o maior artilheiro da competição com 54 gols assinalados, entre 1960 e 1972. Foram 48 gols vestindo a camisa do Peñarol e outros seis tentos jogando pelo Barcelona de Guayaquil.

O brasileiro com mais gols na Copa Libertadores é Luisão, que marcou 29 vezes atuando por Vasco, Corinthians, Grêmio e São Paulo. O ex-centroavante é, aliás, o único jogador do Brasil na lista dos dez maiores goleadores.

O atacante equatoriano Alberto Spencer, o “Cabeza Magica” (Foto: Reprodução/ Twitter oficial do Peñarol-URU)

Alberto Spencer, atacante equatoriano também conhecido por “Cabeza Magica” (Foto: Reprodução/ Twitter oficial do Peñarol-URU)

10. Quais são as maiores goleadas até hoje?

Em 19 de abril de 2020, a Libertadores completou 60 anos de existência. E o confronto inicial já marcou a primeira goleada: Peñarol 7 x 1 Jorge Wilstermann (BOL). Dois anos adiante, o Santos de Pelé aplicaria 9 x 1 sobre o Cerro Porteño (PAR).

No entanto, considerando sempre a diferença no número de gols, o placar mais elástico aconteceu em 15 de março de 1970, quando o Peñarol venceu o venezuelano Valencia por 11 x 2.

Dos times brasileiros, o Palmeiras atropelou o El Nacional (EQU) por 7 x 0 em 1995 e o Santos voltou a anotar uma goleada em 2012, diante do Bolívar (BOL) por 8 x 0. Mais recentemente, o Cruzeiro assinalou 7 x 0 contra a Universidad de Chile e o Corinthians bateu o Deportivo Lara (VEN) pela contagem de 7 x 2, ambos os jogos pela edição de 2018.

11. Qual time levou mais torcida em uma única edição de Libertadores? E qual estádio mais vezes sediou uma decisão?

Na Libertadores de 1981, nos oito jogos como mandante, o campeão Flamengo levou 516.382 torcedores ao estádio na campanha do título. Em segundo lugar, vem a “La U”, Universidad de Chile, que levou 484.018 pessoas na condição de “coluna um” na edição de 1970, vencida pelo Estudiantes (ARG).

Foto: Divulgação/ Flamengo

Foto: Divulgação/ Flamengo

O Maracanã será o palco da decisão pela segunda vez. Antes, o estádio carioca abrigou a final de 2008, quando a equatoriana LDU venceu o Fluminense nos pênaltis e sagrou-se campeã.

Mas é o Estádio Nacional do Chile, localizado em Santiago e com capacidade para 47 mil espectadores, que mais revelou o campeão do torneio: em 1965, 1966, 1967, 1974, 1976, 1982, 1987 e 1993 (oito).

O Estádio Centenário, no Uruguai, vem logo atrás com sete e o Morumbi, no Brasil, recebeu cinco finais: em 1992, 1994 e 2005 com os donos da casa, o São Paulo, e também em 2000 (Palmeiras x Boca Juniors) e 2003 (Santos x Boca Juniors).

O Maracanã será palco da final da Copa Libertadores pela segunda vez (Foto: Divulgação/ Facebook oficial da Conmebol)

O Maracanã será palco da final da Copa Libertadores pela segunda vez (Foto: Divulgação/ Conmebol)

12. Qual é o jogador brasileiro com mais títulos da Libertadores?

Engana-se quem pensa que o brasileiro com mais títulos da Copa Libertadores seja um craque conhecido e badalado.

Quem mais vezes levantou o cobiçado troféu do torneio sul-americano é Vítor, ex-lateral-direito que encerrou a carreira em 2008. Apesar de permanecer no banco de reservas na maior parte do tempo em que jogou, Vítor foi campeão quatro vezes atuando por São Paulo (1992 e 1993), Cruzeiro (1997) e Vasco (1998).

Na sequência, aparecem nomes como Fabiano Eller, Dinho, Elivélton, Ronaldo Luis e Palhinha, que já levantaram a taça em três oportunidades.

13. Quantas vezes Palmeiras e Santos já decidiram uma competição?

Apenas em três ocasiões: Pelo Campeonato Paulista, em 1959 (Palmeiras campeão) e 2015 (Santos campeão), e na Copa do Brasil de 2015, quando o Verdão conquistou o título nacional sobre o Peixe na disputa de pênaltis por 4 x 3, após empate no placar agregado em 2 x 2, sendo uma vitória santista na Vila Belmiro por 1 x 0 e depois triunfo palmeirense no Allianz Parque por 2 x 1.

O jogador Matías Viña, do Palmeiras, disputa bola com Kaio Jorge, do Santos, durante partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão 2020 (Foto: Cesar Greco/ Reprodução/ Flickr oficial da SE Palmeiras)

O jogador Matías Viña, do Palmeiras, disputa a bola com Kaio Jorge, do Santos, durante clássico válido pela 24ª rodada do Brasileirão de 2020 (Foto: Cesar Greco/ SE Palmeiras)

14. Quantas vezes dois clubes brasileiros disputaram a decisão da Libertadores até hoje?

Desde a primeira edição em 1960, esta será a terceira vez em que duas equipes do Brasil decidem a competição.

Antes de Palmeiras x Santos em 2020, São Paulo e Athletico Paranaense fizeram a final em 2005 (Tricolor paulista campeão) e Internacional e São Paulo decidiram no ano seguinte (Colorado vencedor).

15. Por que a decisão da Libertadores passou a ser disputada em jogo único?

Em 2018, o Conselho da Conmebol definiu que a decisão não seria mais realizada em formato de mata-mata, com duelos de ida e volta, mas em partida única em campo neutro, como acontece na Champions League, o principal torneio de clubes da Europa.

Por que? Segundo o então presidente da entidade, Alejandro Domínguez, por “motivos que vão além das quatro linhas”. Leia abaixo a nota oficial divulgada pela Conmebol em fevereiro de 2018:

“A decisão surge após uma rigorosa análise de vários estudos técnicos elaborados por consultores especializados que estão sendo realizados com o objetivo de fortalecer os torneios de clubes da Conmebol. Entre as variáveis ​​analisadas se destacam a justiça esportiva, a qualidade da competição, a emoção do espetáculo, a organização e a segurança do evento, a percepção dos torcedores, os ingressos dos clubes finalistas, os ingressos do torneio, o estado da infraestrutura esportiva do continente, o posicionamento mundial do futebol sul-americano e a comercialização dos direitos audiovisuais e o mercado esportivo correspondentes à Conmebol Libertadores”.

Confira todos os campeões da Libertadores em cada ano:

Todos os campeões da Copa Libertadores entre 1960 e 2019 (Imagem: Reprodução/ Twitter oficial Conmebol Libertadores BR/ @LibertadoresBR)

Todos os campeões da Copa Libertadores entre 1960 e 2019 (Imagem: Reprodução/ Twitter Conmebol Libertadores/ @LibertadoresBR)