Luxemburgo avalia discussão entre Castan e Pikachu como normal: “Não estamos em uma igreja”

Após vitória do Vasco, Luxemburgo não repreendeu atletas do clube por conta do atrito em campo

Bruno Romão
23 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco

Com uma boa apresentação, o Vasco bateu o Botafogo por 3 a 0 e se afastou da zona de rebaixamento do Brasileirão. Dessa forma, o time teve uma postura mais agressiva em São Januário, algo que acabou resultando em um pequeno atrito entre Leandro Castan e Yago Pikachu, discussão que logo foi apaziguada.

Sendo assim, em entrevista coletiva, Luxemburgo não repreendeu os dois jogadores. Isso porque o treinador considerou o momento como algo normal, já que ambos os atletas desejavam que o Cruzmaltino saísse vencedor do confronto. Ele ainda exaltou a postura de Cano em ceder uma cobrança de pênalti para Pikachu.

“Discussão tem que ter, não estamos em igreja ou teatro. Aqui dentro resolve o problema (…) Tinha um ano que Pikachu não botava a bola para dentro. Achei legal o Cano que é o nosso artilheiro, entender e dar para o Pikachu ganhar no emocional”, declarou.

PERFOMANCE DO TIME

Além disso, Luxa valorizou o empenho do Vasco para conseguir a vitória. Portanto, a expectativa do técnico é continuar vendo o time se esforçando para evitar qualquer tipo de sufoco na reta final do Brasileirão.

“Vitória contra um adversário que tem tradição, e rivalidade é muito grande, essa coisa vem de longo tempo. Um dos gols mais bonitos da história de Vasco da Gama x Botafogo vem do Dinamite, o maior jogador da história do Vasco da Gama, é num jogo em que o Roberto dá um chapéu no Osmar Guarnelli. Citei isso na preleção hoje. Para ganhar, tem que ralar e suar. Encontramos adversário difícil, centroavante com a bola aérea muito forte. Encaixamos e passamos a ter a superioridade. Era adversário de confronto direto, jogo de seis pontos”, afirmou.