Marcinho se pronuncia sobre atropelamento e prestará depoimento

Lateral, que não é mais jogador do Botafogo, é suspeito de ter atropelado duas pessoas, com uma morte, no Rio de Janeiro

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Twitter Oficial Botafogo

O Ano Novo para  Marcinho deve começar com o jogador tendo de prestar esclarecimentos à polícia após ser colocado como suspeito de um atropelamento ocorrido na quarta-feira (30), no qual uma pessoa veio a falecer.

De acordo com o Globoesporte.com, o ex-lateral do Botafogo deve prestar depoimento sobre o caso na próxima segunda-feira (4) na 42ª DP, no Recreio dos Bandeirantes. O depoimento foi agendado por intermédio do advogado do atleta.

O pai do jogador, Sérgio de Oliveira, também prestará depoimento no caso. O carro, um Mini Cooper, que teria sido usado no atropelamento, que matou o professor Alexandre Silva de Lima e deixou Maria Cristina José Soares internada em estado grave, está registrado no nome de uma empresa de produtos hospitalares na qual um dos sócios é Sérgio.

O carro passou por nova perícia na quinta-feira (31), esta mais completa que a primeira feita no veículo, que foi apenas externa.  O carro havia sido rebocado pela seguradora até a casa do pai de Marcinho, o que o fez virar suspeito do caso.

O enterro de Alexandre Silva de Lima acontecerá nesta sexta-feira (1/1), no Cemitério Jardim da Saudade. Maria Cristina ainda segue internada, sem previsão de alta.

Marcinho diz que em nota que está prestando ‘suporte’ aos envolvidos

Marcinho enviou à imprensa uma nota através de sua assessoria na qual afirmou estar’prestando suporte’ aos envolvidos no caso. E confirmando que o agora ex-Botafogo (seu contrato se encerrou na quinta) irá prestar depoimento sobre o atropelamento.

“A família do atleta sente muito pelo ocorrido e está dando todo o suporte aos envolvidos. O pai do lateral, Sérgio de Oliveira, prestará depoimento, assim como o atleta, nos próximos dias, de forma exclusiva às autoridades”. diz a nota.

LEIA MAIS

Neymar avisou ao PSG que faria festa tomando “todos os cuidados com a saúde”, diz jornal

(Crédito da foto: Divulgação/Twitter Oficial Botafogo)