Comentarista da Globo, Nadine Bastos diz que ‘não marcaria’ pênalti polêmico em Sport x Palmeiras

Comentarista da arbitragem defendeu a decisão final da arbitragem na reta final da vitória do Palmeiras contra o Sport

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Reprodução

Neste sábado (9), o Palmeiras venceu o jogo contra o Sport, em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão. Apesar do resultado, o confronto acabou em polêmica após um defensor alviverde cortar a bola, que acaba batendo na mão do atacante Rony dentro da área.

Inicialmente, o juiz da partida marcou o pênalti para o Sport, que poderia empatar o confronto na Ilha do Retiro. Porém, os assistentes da cabine do VAR pediram a revisão, que acabou em anulação da falta dentro da área contra o Palmeiras. Minutos depois, o jogo chegou ao fim.

“Ele abre realmente o braço, amplia o espaço. A bola vem do próprio companheiro, parece surpresa. Árbitro interpretou por ter aberto o braço, impedindo a passagem da bola. Eu não daria o pênalti”, afirmou Nadine Bastos durante a transmissão no Premiere.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

RONY ADMITIU TOQUE NA MÃO

Na saída dos gramados, o atacante Rony admitiu que sentiu o toque da bola na mão. Porém, ele ressaltou que o árbitro demorou para marcar.

“Ele estava próximo e custou para marcar. A bola realmente pega na minha mão, mas foi o nosso zagueiro que tirou. O lance é tão rápido que não tem como tirar o braço. Só se eu jogar assim… E o VAR é pra isso. Corrigir o que o árbitro errou”, disse Rony.

VEJA MAIS SOBRE O PALMEIRAS:

Rony supera Bruno Henrique e lidera os melhores números da Libertadores das últimas 5 edições

Confira os 10 maiores artilheiros do Palmeiras no século XXI

Dudu vai voltar ao Palmeiras? Confira a situação do atacante com o clube alviverde