Tom Brady afirma que Buccaneers quer dar Super Bowl a Bruce Arians: “Eu amo jogar para ele”

Em entrevista coletiva, Tom Brady destacou que head coach sabe dosar a exigência e o carinho nos treinamentos; técnico retribuiu elogios do quarterback

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Divulgação

O Super Bowl LV acontece no próximo domingo, 07 de fevereiro. A partida que define o campeão da temporada da National Football League (NFL) confrontará Tampa Bay Buccaneers e Kansas City Chiefs. De volta à decisão após dezenove anos, os atletas da franquia da Florida escolheram um motivo para lutar ainda mais pelo anel de campeão. Trata-se de Bruce Arians, head coach da equipe. Ao menos é o que afirma Tom Brady, quarterback do time.

Dos treinadores mais experientes da atual NFL, Bruce Arians nunca conquistou um Super Bowl. O mais próximo que ele chegou de tal glória foi na temporada 2015. À época no Arizona Cardinals, ele foi vencido na NFC Championship Game (final da Conferência Nacional, uma peleja antes da decisão) pelo Carolina Panthers. Para Tom Brady, a personalidade do head coach é o suficiente para que todos queiram dar a ele um título. “Todos gostam muito dele e da pessoa que ele é. Ninguém falaria nada de ruim sobre ele. Ele é carinhoso com todos. Acho que todo mundo quer vencer por ele”, destacou, em entrevista coletiva.

Para Tom Brady, não é a personalidade carinhosa, entretanto, que o faz ser menos exigente nos treinamentos. “Ele se esforça muito e cobra a mesma coisa de nós. Ele espera muito de nós todos os dias nos treinos. Eu estou animado para que ele seja reconhecido pelo que faz. Eu amo jogar para ele”, confessou o quarterback.

Retribuição

Não é apenas Tom Brady que é fã de Bruce Arians. A recíproca é verdadeira. “A convicção que ele deu a todos na organização de que isso poderia ser feito mostrou que só precisávamos de um homem”, agradeceu e retribuiu o head coach.