Brasileira é eleita a melhor treinadora de futsal do mundo e diz: “Falta um olhar diferenciado”

Brasileira Cris Souza é treinadora do Taboão da Serra e venceu votação com especialistas do esporte

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cris Souza, treinadora de futsal (Divulgação/Taboão da Serra)

O Brasil sempre foi reconhecido como uma das potências no futsal. Ao longo das décadas nomes masculinos como Vander Iacovino, Manoel Tobias e Falcão provaram nossa excelência na modalidade. Agora, as meninas vem ganhando seu espaço e conquistando o mundo, dentro da quadra e no banco de reservas. Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo e Cris Souza, a melhor treinadora.

Brasileira é treinadora do Cats Taboão da Serra e é bicampeã da Copa do Brasil de Futsal Feminino. Mas, apesar de todo esse currículo, ela reclama de um velho problema: olhar para as meninas.

“Falta um olhar diferenciado da Confederação. Eu sei que ela tem suas limitações, mas ela poderia ajudar a custear uma competição forte. Falta, também, um calendário.”, explica a treinadora no canal Vamo Pro Jogo.

Apesar das criticas, Cris aponta uma movimentação interessante no futsal feminino.

“Já há uma movimentação acontecendo com o apoio da TV. A última final da Copa do Brasil foi assistida por cerca de 1 milhão de pessoas, por exemplo.”, continua.

Quanto ao mercado para as treinadoras, Souza vê um caminho a ser percorrido, ainda.

“As mulheres tem que percorrer esse caminho (para ser treinadora). Por que homens assumem as equipes? Questão de vivência no meio. As meninas precisam se preparar mais e ir atrás de qualificação”, completa na mesma entrevista.

LEIA MAIS

Goleada sobre a Argentina não esconde os problemas coletivos da Seleção Feminina; entenda