Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Do basquete para o futebol americano: ex-Corinthians e Galo, Victor Hugo “Mega” quase entrou na NFL e quer ajudar jovens no Brasil

Wide Receiver da Seleção Brasileira, “Mega” já participou de seletiva na XFL e jogou o All Star Bowl de Miami, além de ter se destacado no Yeditepe Eagles, da Turquia

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Foto: Tiago Munden/Touchdown Mineiro

Antes de receber bolas para marcar touchdowns, o Wide Receiver Victor Hugo “Mega” estava acostumado a competir em um outro ambiente: as quadras. Ex-atleta profissional de basquete, Mega, apelido que ganhou quando passou a jogar o esporte da bola oval, chegou a disputar a NBB e, há anos, se tornou um dos principais nomes do futebol americano no Brasil.

Começando no Flag Football, Victor passou a jogar o full pads (a modalidade com equipamentos, como na NFL) pouco tempo depois, quando percebeu que tinha o tamanho necessário para ser um atleta de destaque no esporte. Com passagens pelo Corinthians Steamrollers,  Cruzeiro e Galo futebol americano, além de ter jogado no Eagles, da Turquia, e ter passado por experiências como Mini Camps da XFL (liga, agora, adquirida pelo Dwayne “The Rock” Johnson) e o All Star Bowl, em Miami, Mega criou uma trajetória no esporte e busca passar um bom exemplo aos atletas mais jovens que, assim como ele, também almejam chegar na Seleção Brasileira de Futebol Americano. Agora no Spartans Football, time da capital Paulista, Victor Hugo está aguardando o fim da pandemia para que possa voltar aos treinos e competir em alto nível.

Em entrevista exclusiva, Victor Hugo Mega contou como começou no futebol americano e o porquê do apelido, falou sobre a profissionalização da modalidade e as experiências internacionais, além de bater um papo sobre sua trajetória no cenário do esporte e os detalhes que o deixaram perto de entrar no Baltimore Ravens, time da NFL.

 

LEIA MAIS

Com exclusividade, Cairo Santos fala sobre trajetória na NFL e renovação de contrato com os Bears: “Espero continuar como parte desta história”

Cris Kajiwara é eleita Presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano e apresenta projetos para mandato