Com exclusividade, Cairo Santos fala sobre trajetória na NFL e renovação de contrato com os Bears: “Espero continuar como parte desta história”

Cairo Santos, Kicker do Chicago Bears e um dos principais nomes da franquia na última temporada da NFL, contou sobre como deu a volta por cima após a lesão em 2017 e os momentos mais marcantes da carreira, até então: “Ganhar do Tom Brady, depois de tudo, foi especial”

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Vídeo/reprodução

O único brasileiro a jogar partidas oficiais na NFL não chegou no patamar que se encontra hoje de uma forma fácil. Cairo Santos, atual Kicker do Chicago Bears, nasceu em Limeira, São Paulo, e foi para os Estados Unidos quando tinha 15 anos para jogar o futebol da bola redonda. Por ironia do destino, acabou parando em um campo de futebol americano, mas com uma função parecida: chutar com precisão.

A última temporada regular foi a melhor da carreira do Cairo Santos. O brasileiro acertou 30 de 32 chutes, com uma porcentagem de acerto de 93.75%. E falou sobre cada momento que passou, com exclusividade. Falando sobre desde quando entrou no Kansas City Chiefs até o último jogo de 2021, nos playoffs. Confira a entrevista completa, abaixo:

“Acabei chutando a primeira vez com os meus amigos, em 2007. Deu umas 60 jardas. Na segunda-feira seguinte falei com o técnico do time do High School. Sexta-feira eu já estava jogando”.

O caminho de Cairo Santos até a NFL

Consistente, poucos anos depois, levou para casa o Troféu Lou Groza de melhor Kicker universitário, quando jogava na Universidade de Tulane. Em 2014, finalmente entrou na NFL. O time? Kansas City Chiefs. E Cairo, na época, estava se firmando como um dos melhores nomes da equipe e da liga, em sua posição. Até que veio o momento mais complicado da carreira, em 2017, quando foi cortado pela franquia.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Já existiam conversas de renovação de contrato. Eu não estava errando nenhum chute até o dia que me machuquei. Foi um abalo que eu não esperava. E, principalmente, não esperava que a franquia abrisse mão de mim da forma que foi. Principalmente pela nossa história e desempenho que tive. Mas, ali, realmente descobri que a NFL é um negócio.” – Revelou Cairo

Lesão e volta por cima no Chicago Bears

Após a lesão, Cairo teve passagens pelo Chicago Bears, New York Jets, Tampa Bay Buccaneers e Tennessee Titans. Na última temporada, o brasileiro retornou ao Chicago Bears para dar a volta por cima e mostrar tudo o que aprendeu nos momentos mais difíceis: “Aprendi a usar melhor a minha técnica…Eu fui cortado na semana 5 de 2019 nos Titans e passei por muitos altos e baixos. Na semana 5 de 2020 consegui dar um chute da vitória contra o Tampa Bay Buccaneers. Isso ter acontecido um ano depois do ponto mais baixo da minha carreira foi marcante. Eu não desacreditei e usei tudo isso como força”.

Quando chegou ao Chicago Bears para sua segunda passagem, Cairo estava no Practice Squad da equipe. Com a lesão do até então Kicker Eddy Piñeiro, o brasileiro conquistou a posição e manteve seu jogo em alto nível até a última partida dos Playoffs, quando a equipe de Chicago, liderada por Mitchell Trubisky, acabou caindo no Wild Card para o New Orleans Saints, que teve o Running Back Alvin Kamara em noite inspirada, com 99 jardas e 1 touchdown. O confronto, que acabou 21 a 9 para New Orleans, ainda teve um Field Goal marcado por Cairo Santos.

Recordes e mais recordes

Ainda, nessa última temporada, o brasileiro acertou também o chute mais longo da carreira, de 55 jardas, em Charlotte, contra os Panthers.  Além de ter conquistado a nomeação de melhor jogador do mês de dezembro da NFC e batido o recorde da história do Chicago Bears, com 27 Field Goals consecutivos.

Para Cairo, independente de quem for o próximo Quarterback da equipe, “Trubisky, Foles, ou se algum outro jogador chegar”, os Bears têm muito potencial para irem ainda mais longe em 2021-22. Na última temporada, a franquia teve 8 vitórias e 8 derrotas.

O Kicker agora é pai do pequeno Daniel e busca uma renovação de contrato com os Bears a partir do dia 17 de março, quando se torna Free Agent. “Eles me falaram do interesse de me trazer de volta e eu disse o meu interesse de voltar. Estou confiante que algo legal será feito para as duas partes. Ainda não existe nada concreto, mas tenho muito interesse em continuar”, revelou Cairo.

 

LEIA MAIS

Ronald Jones II fala sobre jogar seu primeiro Super Bowl “em casa”, pelo Tampa Bay Buccaneers

Esquenta do Super Bowl: Torcedores.com entrevista jogadores do Kansas City Chiefs antes da final da NFL

João Lima revela universidade dos Estados Unidos que jogará como Kicker, em 2021