Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Saiba quem são as sete maiores vendas do Corinthians na história

Confira os jogadores que mais renderam euros em negociações em toda a história do clube Timão. São as sete maiores vendas da história do Corinthians

Lucas Mello
Colaborador do Torcedores

Crédito: Guilherme Arana é a sétima maior venda da história do Corinthians - Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians

A maioria das grandes vendas do Corinthians aconteceram neste século. A maioria envolvendo jogadores criados na base do clube. Mas também há caso de venda de jogadores que já eram consagrados, e deixaram o clube em alta com a conquista de títulos.

Confira abaixo as sete maiores vendas da história do Corinthians

*O valor das negociações é em Euro, moeda mais usada nas transferências internacionais.
*Conteúdo baseado nas informações do site TransferMarkt

7° – Guilherme Arana (lateral-esquerdo) – Sevilla-ESP (11 milhões de euros/ Dezembro de 2017)

Um dos melhores jogadores na conquista do Brasileirão de 2017, o lateral de 20 anos foi negociado com o futebol europeu ao término da temporada.

6° – Willian (meia/ponta) – Shakhtar Donetsk-UCR (14 milhões de euros/ Agosto de 2007)

A jovem revelação do Corinthians foi vendido no meio do Brasileirão de 2007, quando o clube vivia uma crise. Após a saída do jogador de 19 anos, o Timão acabou rebaixado.

4° – Javier Mascherano (volante) – West Ham-ING (14,6 milhões de euros/ Agosto de 2006)

Mascherano foi vendido com Tevez em uma operação sem muitas informações para a mídia. Ambos foram anunciados pelo West Ham no último dia da janela inglesa. A venda foi feita pela MSI, parceira do Corinthians.

4° – Carlos Tevez (atacante) – West Ham-ING (14,6 milhões de euros/ Agosto de 2006)

Foi vendido no mesmo pacote de Mascherano. Destaque na América do Sul desde os tempos de Boca, foi quem mais se destacou na Europa.

3° – Vampeta (volante) – Inter de Milão (16,7 milhões de euros/ Agosto de 2000)

Destaque do meio-campo do time bicampeão brasileiro e campeão mundial, Vampeta já era jogador da seleção quando foi vendido por 15 milhões de dólares para o futebol italiano, algo em torno dos 16,7 milhões de euros na cotação da época.

2° – Paulinho (meia) – Tottenham-ING (19,73 milhões de euros/ Junho de 2013)

Destaque do time campeão mundial em 2012 e já na seleção brasileira, foi vendido para o futebol inglês. O Corinthians ficou com metade do valor.

1° – Pedrinho (ponta) – Benfica-POR (20 milhões de euros/ Março 2020)

Revelação do Timão, foi a maior venda do clube, realizada começo do ano passado. O Corinthians tinha 70% dos direitos do jogador e ainda pode lucrar mais dois milhões de euros caso o jogador atinja metas na Europa.