Palmeiras tem a preferência na negociação por Alan Empereur, alvo do Betis; veja o valor do investimento

Alan Empereur se firmou como reserva imediato de Gomez ou Luan no sistema defensivo do Verdão

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

O zagueiro Alan Empereur era pouco conhecido no cenário do futebol brasileiro quando foi anunciado como reforço do Palmeiras, em novembro, mas aos poucos, e aproveitando as oportunidades no time alternativo e, principalmente, na ausência de um dos titulares, o jogador de 27 anos conquistou espaço e caiu nas graças da torcida. Agora, desperta o interesse do Betis, da Espanha.

+ Borré no Palmeiras: veja tudo o que sabemos sobre a negociação
Mercado da bola: veja quem pode chegar e quem pode sair do Palmeiras para 2021

Segundo o site italiano Tutto Mercato, o Betis fez uma sondagem ao estafe do zagueiro para saber dos valores para uma possível negociação para a próxima janela de transferências europeia. Apesar do interesse do clube espanhol, o Palmeiras tem a preferência na negociação pelo defensor.

Empereur está emprestado ao Palmeiras pelo Hellas Verona, da Itália, até até o dia 30 de junho. O clube Alviverde desembolsou 300 mil euros (R$ 2 milhões) para contar com o jogador, e caso queira exercer a preferência de compra, terá que investir mais 1 milhão de euros (R$ 6,7 milhões) pela negociação.

O zagueiro soma 19 partidas com a camisa do Palmeiras, entre elas a vitória sobre o River Plate, pela semifinal da Libertadores, na Argentina, quando iniciou a partida entre os titulares após o titular Luan ser cortado de última hora. Empereur também atuou nos dois jogos das finais da Copa do Brasil – na segunda partida foi titular ao lado de Gustavo Gómez.

Com poucos meses no futebol brasileiro, Empereur já manifestou o desejo de seguir no país. “Meu objetivo agora é ficar aqui e ser comprado pelo Palmeiras. Gostaria de ficar e tentar ganhar outros títulos. Aqui estou satisfeito por pertencer a um clube tão importante. Claro, se houver uma oportunidade de regressar à Itália, vamos ver. Nunca se pode dizer nunca”, declarou o zagueiro ao programa “TMW News“.

“Foi uma escolha perfeita voltar aqui, foi um ano fantástico. Eu sonhava em ganhar alguma coisa, mas não pensei que fosse ganhar tão rápido. Agora estou feliz aqui, fui muito bem recebido. Meu sonho era chegar à Série A (Itália), mas depois senti falta de jogar no Brasil e de ser conhecido no meu país. É sempre um amor muito grande, é o país que me criou e tenho orgulho disso”, completou.

LEIA MAIS:
Renato admite interesse em Luiz Adriano, mas diz que atacante “foge da parte financeira do Grêmio”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes