Pandemia pode causar mudança importante na organização da Copa América 2021

Copa América passou por adiamento e agora tem chances de ser novamente modificada

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Conmebol

Segundo informações da “Gol Caracol”, um dos maiores veículos da Colômbia, a Copa América pode ser realizada apenas em um país. Isso porque a Argentina estaria planejando abrir mão de ser uma das sedes da competição por conta da pandemia. Sendo assim, como os números estão crescendo em solo nacional, haveria um maior perigo do torneio ocorrer nas cidades que foram selecionadas pela Conmebol.

“Tive a oportunidade de falar com a minha fonte. Ele me disse que se ainda não fizeram, estariam prestes a fazer. O Governo da Argentina vai pedir o aval da Colômbia para que eles se retirem da Copa América e que a Colômbia realizam (a competição) na sua totalidade”, afirmou Javier Hernández Bonnet, diretor geral da Gol Caracol.

NOVAS SEDES

Dessa forma, quatro cidades da Colômbia, Armenia, Pereira, Manizales e Bucaramanga, seriam escolhidas para realocar os jogos destinados para Argentina. Caso o cenário se confirme, a Conmebol teria que agir rápido. Como o início da Copa América está marcada para 13 de junho, toda organização passaria por alterações.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

“O torneio não muda de formato e será disputado pelas 10 seleções da América do Sul. As cidades estão localizadas nos extremos Norte e Sul do nosso continente. Com a ausência de equipes convidadas (Qatar e Austrália), a Conmebol remarcou as partidas e locais. O objetivo é manter o alto nível de competitividade e oferecer um torneio histórico a milhões de torcedores em todo o mundo”, afirmou a entidade em março.

LEIA MAIS

Conmebol aumenta premiação para o vencedor da Copa América; veja valores