Ex-zagueiro de Corinthians e Fluminense é oferecido, agrada e Juventude inicia negociações

Henrique tem contrato com o Belenenses até junho de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Belenenses

O Juventude busca reforçar o sistema defensivo para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Depois da chegada de Rafael Foster, a bola da vez é Henrique. O Torcedores.com apurou que o zagueiro negocia sua rescisão de contrato com o Belenenses.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Henrique foi oferecido ao clube gaúcho, que gostou do nome e iniciou negociações. O zagueiro de 34 anos chegou ao Juventude através do empresário do jogador, Alaor Malaquias, e agradou bastante ao presidente Walter Dal Zotto Júnior.

O técnico Marquinhos Santos também gostou da possibilidade e, então, as tratativas começaram. Porém, o Juventude tem um orçamento curto e, por isso, o salário é um entrave, já que Henrique tem uma remuneração alta no futebol português.

Segundo informações obtidas pela reportagem, Henrique ganha 31 mil euros (R$ 210 mil, pela cotação atual) por mês no Belenenses. Todavia, o atleta vem dando sinais que aceitaria reduzir o valor, mas ainda não se manifestou abertamente a respeito da situação.

A diretoria do Juventude considera a negociação com bons olhos. Afinal, entende que o zagueiro é uma excelente oportunidade de mercado. Recentemente, Henrique teve seu nome ligado a um possível retorno ao Coritiba. No entanto, as partes não chegaram a um acordo.

A carreira de Henrique

Nascido em Marechal Cândido Rôndon, Paraná, Henrique Adriano Buss foi formado nas categorias de base do Coritiba. Ele, inclusive, surgiu na geração que revelou Pedro Ken, Rodrigo Mancha, Marlos e Keirrison.

Em 2008, Henrique foi contratado pelo Palmeiras com status de grande promessa do futebol brasileiro. Pelo Verdão, ele conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Ele chegou ao Palestra Itália graças ao aporte financeiro da empresa de marketing esportivo Traffic.

Posteriormente, o Barcelona investiu 10 milhões de euros (R$ 4 milhões, à época) para tirá-lo do Palmeiras. Porém, Henrique nunca atuou com a camisa do clube catalão sendo emprestado em sequência ao Bayer Leverkusen e Racing Santander.

Após passar pela Alemanha e Espanha, Henrique retornou ao futebol brasileiro onde atuou por quatro temporadas pelo Palmeiras. Após defender o Brasil na Copa do Mundo de 2014, o jogador vestiu as camisas do Napoli, Fluminense, Corinthians e Al Ittihad, dos Emirados Árabes.

Nesse ínterim, conquistou a Copa do Brasil (2012), a Série B do Campeonato Brasileiro (2007 e 2013), a Copa da Itália (2013/2014), a Supercopa da Itália (2014), Copa da Primeira Liga (2016) e o Campeonato Paulista (2008, 2018 e 2019).

LEIA MAIS: 

Regularizado, Raúl Bobadilla tem data marcada para estrear pelo Fluminense 

Ex-crush de Anitta troca o futebol carioca pelo Paraná; saiba mais! 

Dirigente do Vasco não descarta retorno de Bruno César ao clube após empréstimo