FIFA suspende associações de futebol do Chade e do Paquistão

FIFA suspende associações desses países por interferência governamental

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Presidente da FIFA, Gianni Infantino (Divulgação/Facebook Oficial da FIFA)

O Conselho Diretivo da FIFA resolveu suspender as associações de futebol do país africano Chade e do Paquistão. O motivo foi a interferência dos governos locais na administração dessas entidades.

No caso do Chade, o presidente Moctar Mahamoud Hamid decidiu estabelecer um comitê de administração no futebol local de maneira temporária. Tal medida retirou a influência da FIFA na associação.

Já no caso paquistanês, a associação mudou de direção de maneira ilegal e abrupta, sem uma eleição regimental estabelecida. Haroon Malik, interventor de normalização da entidade máxima de futebol foi deposto do comando por  Syed Ashfaq Hussain Shah, líder das manifestações contra o comitê de normalização. Shah invadiu a sede da associação paquistanesa com os manifestantes.

“Até que as situações sejam normalizadas, o acesso a sede de tais associações estão proibidas e as atividades suspensas. Tal normalização ocorrerá, quando a FIFA for comunicada que os canais de administração e interlocução forem reestabelecidos, de acordo com o estatuto da entidade”, diz um trecho da nota oficial da FIFA em inglês.

LEIA MAIS

Copa do Mundo de 2022 pode usar novo sistema para marcar lances de impedimento

Nacional-URU aciona Palmeiras na Fifa por cláusula no acordo por Viña