Florentino Pérez descarta volta de Cristiano Ronaldo ao Real e abre o jogo sobre Vinícius Jr: “Intocável”

Florentino Pérez também comentou a possibilidade do clube merengue buscar a contratação de Kylian Mbappé para a a próxima temporada

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Real Madrid

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, falou sobre a possibilidade do clube promover o retorno de Cristiano Ronaldo para a próxima temporada. O craque português, maior goleador e ídolo do clube merengue, estaria de saída da Juventus, mas para o clube espanhol onde brilhou com a camisa 7 e conquistou quatro vezes a Champions League ele não voltará segundo o mandatário.

“Cristiano Ronaldo não vai voltar ao Real Madrid. Não faz sentido. Ele tem um contrato com a Juventus”, disse Florentino Pérez em entrevista ao programa espanhol ‘El Chiringuito’.

+ Florentino Pérez diz que Superliga vai salvar o futebol e afirma que PSG e Bayern de Munique não foram convidados

Pérez ainda abriu o jogo sobre a situação de Vinícius Jr, e descartou negociar o atacante brasileiro contratado junto ao Flamengo em 2018 por 45 milhões de euros em uma eventual negociação com o PSG por Kylian Mbappé. “Vinicius Junior é intocável. Ele também não vai deixar o Real Madrid se o PSG pedir Vinicius”.

Sobre a busca por Mbappé, inclusive, Florentino Pérez despistou. “Os torcedores sempre me pedem para comprar Mbappé. Minha resposta? Eu digo: tranquilo. A verdade é que ele é um bom jogador, sim. Nunca conversei com Mbappé. Pelo menos agora, não sei o que vai acontecer com o contrato dele com o PSG”, avaliou.

Outro tema polêmico que foi discutido na entrevista com Florentino Pérez foi a possível saída de Lionel Messi do Barcelona. O mandatário do Real Madrid, porém, surpreendeu ao revelar o desejo pela permanência do craque argentino no rival.

“Eu gostaria [que Messi ficasse] porque ele é um grande jogador, o fenômeno Madrid-Barcelona, se não existisse deveríamos ter inventado. Quando eles jogam, o mundo fica paralisado e 600 milhões de pessoas veem o melhor, e isso é um luxo que só temos aqui. Quando o City e o United jogam, isso não acontece”, afirmou presidente merengue.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes