Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Masters 1000: Tsitsipas vence Rublev e conquista título em Monte Carlo

O grego Stefanos Tsitsipas dominou o russo Andrey Rublev e venceu fácil a final de Monte Carlo por 2 sets 0, garantindo seu primeiro Masters 1000

Guilherme Azevedo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação

O tênis tem um novo campeão de Masters 1000. O grego Stefanos Tsitsipas não tomou conhecimento do russo Andrey Rublev e venceu fácil o rival na decisão. Sem perder sets em Monte Carlo, o grego venceu a decisão por 2 sets a 0, parciais de duplo 6/3. Dessa forma, Tsitsipas conquistou o seu primeiro título de Masters 1000 na carreira em apenas 1h11 de partida.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Masters 1000 de Monte Carlo: Tsitsipas domina e vence fácil

Após ganhar seu primeiro título e seu primeiro ATP Finals, Tsitsipas segue fazendo história. O tenista grego agora é o primeiro atleta do seu país a ganhar um título de tanta expressão. Com a conquista em Monte Carlo, Stefanos já alcança seis títulos na carreira. Ele já tinha chegado à final de Masters 1000 duas vezes, mas não havia vencido.

Agora, o histórico do duelo contra Rublev está empatado em 3 a 3. Ano passado, eles decidiram o torneio de Hamburgo e o título foi do russo. Rublev já tem oito títulos na carreira, entretanto, ainda não conquistou nenhum Masters 1000. Ele foi o tenista que mais ganhou taças em 2020.

Embora tenha conquistado o título, Tsitsipas permanece em quinto no ranking da ATP. Por outro lado, o russo Andrey Rublev ultrapassa Roger Federer e assume o sétimo lugar. Tsitsipas ganhou mil pontos no ranking, enquanto Rublev marcou 600 no circuito da ATP.

Na decisão em Monte Carlo, Tsitsipas não enfrentou break points. O grego confirmou o saque logo de cara no primeiro set e quebrou logo em seguida para fazer 3/0. Dessa forma, o set se desenvolveu sob controle, com Tsitsipas sacando melhor e errando menos que o russo.

Já no segundo set, Tsitsipas também conseguiu a quebra logo de cara para fazer 3/1. Assim, ele controlou a parcial, sacando bem e não dando chances ao russo. O grego ainda conseguiu outra quebra no final e, dessa forma, garantiu o título em Monte Carlo.

LEIA MAIS
Roland Garros é adiado em uma semana visando presença de torcida