Narradora da Globo rebate ataque machista: “Fico impressionada com a coragem desses marmanjos”

Profissional da Globo trabalhou em transmissão do SporTV

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Contratada recentemente pela Globo, Renata Silveira marcou história na emissora. Isso porque a profissional é a primeira narradora de futebol da história da empresa. Presente na transmissão do SporTV de ABC x Botafogo, pela Copa do Brasil, ela foi alvo de uma mensagem machista por meio do Instagram, e compartilhada de forma pública, já que foi acusada de ter culpa na eliminação do clube carioca.

“Eu avisei que mulher, Botafogo e Copa do Brasil não dá certo! Se não cai na primeira, cai na segunda. Vai tomar no c… Não é questão de machismo, e sim superstição. Vai narrar o América-MG, c…”, escreveu o internauta.

Dessa forma, em seu pronunciamento, Renata afirmou que todas as críticas que recebe servem de incentivo para sua carreira. Na postagem, o homem, após seu comportamento lamentável, pediu desculpas.

“Engraçado, né? Acho que só eu narrei o jogo hoje. Eu fico impressionada com a coragem desses marmanjos… aí quando a gente responde eles colocam o rabo entre as pernas. Gente, isso é gasolina para mim. Combustível para continuar fazendo mais e mais. Obrigada, amigo!“, respondeu.

LEIA MAIS

SBT pode desbancar Globo e transmitir Copa América de 2021; veja valores das negociações