Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Romário vê “falta de goleadores natos” no futebol brasileiro, mas aponta nome que pode ser referência na Seleção

Baixinho acredita que Tite pode utilizar um “camisa 9” na seleção brasileira

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Em declarações ao programa “Esporte Espetacular”, Romário opinou sobre a escassez de artilheiros no futebol brasileiro. Dessa forma, atualmente, o Baixinho acredita que Neymar é o principal encarregado de balançar as redes, já que nenhum centroavante de ofício conseguiu se consolidar nos últimos anos e garantir a camisa 9.

“Quem se aproxima do que eu fazia, do meu jeito de jogar, infelizmente não tem. Eu posso afirmar que existe uma falta de goleadores natos no nosso futebol brasileiro realmente. Com toda a importância do Neymar hoje no futebol, ele é, na minha opinião, o jogador que mais sabe fazer gol, mesmo não sendo um artilheiro nato“, declarou.

GABIGOL É O NOME CERTO?

Mesmo assim, Romário vê em Gabigol um nome em potencial para ocupar a vaga na Seleção. Isso porque o atacante vem se destacando no Flamengo, e pode ganhar uma oportunidade de Tite nas próximas convocações. Já Caio Ribeiro, além de citar o camisa 9 rubro-negro, também acredita que Pedro também tem condições de desempenhar a função.

“Se o Gabigol fizer na Seleção o que ele faz no Flamengo, pode ser uma referência no nosso futebol com a camisa do Brasil e disputar o Mundial“, completou Romário.

“Aqui no Brasil, os dois melhores jogadores dessa função estão no Flamengo. Na minha opinião são o Gabigol e o Pedro. Então, se você me falar hoje qual é o jogador que mais se aproxima deste jogador ideal, seria o Gabigol”, opinou Caio.

LEIA MAIS

As melhores notícias de esportes, direto para você