Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após caso de assédio sexual, pai de Neymar revela motivo do fim de contrato com a Nike

Neymar está com a seleção brasileira, mas viu seu nome ser envolvido em outra grande polêmica

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Getty Images

Após o jornal The Wall Street Journal, dos EUA, noticiar na última quinta-feira (27) que o rompimento de Neymar com a Nike teria sido motivado após o jogador não colaborar com uma investigação de um suposto assédio sexual feito por ele à uma funcionária da empresa, o pai do jogador, conhecido por Neymar Pai, revelou os motivos reais do rompimento do contrato com a gigante de material esportivo.

“Meu amigo, liga para a Nike, e pergunte se o destrato foi sobre esse assunto. E outra coisa, a matéria fala que o caso é de 2016? O Neymar saiu da Nike no ano passado, é estranho essa denúncia aparecer agora, né? Por quê? Só após sair ela está preocupada? A gente não consegue entender. Vamos ter de averiguar isso, por enquanto não temos nada contra o Neymar, não temos que nos preocupar”, disse ele à Placar.

“Se a Nike realmente está se manifestando dessa forma ela vai ter a posição dela e nós vamos ter a nossa. Vai ser uma briga grande, pode ter certeza, e a gente gosta dessas”, completou ele, antes de revelar que o motivo para o fim do contrato foram os pagamentos e a chuteira. Segundo o atleta, o modelo feito pela patrocinadora era a culpada por suas lesões.

“Se você ficar sem receber você continua na sua empresa, meu amigo? É simples assim. Quando a Nike não honrou os pagamentos que estavam em atraso alegando um monte de situação a gente rompeu. Simples assim”, afirmou.

“Primeiro foi porque o Neymar não quis mudar de produto, de chuteira. Eles queriam um modelo de chuteira que ele utilizasse e ele não queria mudar, sair da chuteira que era de costume, a Mercurial. E ele resolveu não aceitar e depois não fizeram o pagamento, envolveram um monte de situações. Com os pagamentos atrasaram, entrou pandemia, eles não queriam honrar com aquilo e a gente não queria mais continuar pelos desgastes que já estávamos sofrendo. A chuteira já estava provocando várias situações para ele, principalmente de lesão, porque era uma chuteira que não tinha estabilidade. Era isso, um monte de situações que estamos colocando agora e a gente, nesse momento, se a Nike vier para cima, nós vamos para cima dela”, concluiu.

Neymar atualmente se encontra na Granja Comary junto da Seleção Brasileira, que se prepara para os jogos das eliminatórias da Copa do Mundo.

LEIA MAIS: