Auxiliar de Abel sinaliza Palmeiras reserva para ‘decisão’ no Paulista

Verdão não terá titulares em partida contra a Ponte Preta e os poupará para partida contra o Del Valle

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: O preparador físico João Martins, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do C Libertad, durante partida válida pelas quartas de final (ida), da Copa Libertadores, no estádio Defensores Del Chaco. (Foto: Cesar Greco/Site Oficial do Palmeiras)

A vitória por 3 a 2 em cima do Santos manteve o Palmeiras vivo no Paulistão, levando sua sobrevivência no certame até a última rodada. Mas o planejamento alviverde não deve contemplar o fato de que titulares irão entrar em campo no domingo (9) contra a Ponte Preta.

João Martins, auxiliar de Abel Ferreira, deu entrevista coletiva e sinalizou que a tendência de escalar reservas no estadual deve ser mantida mesmo com a ‘final’ diante da Macaca. A missão é de guardar as principais forças do time para enfrentar o Independiente Del Valle, na próxima semana, pela Libertadores.

“Somos coerentes com nossas decisões. O treinador (Abel) foi muito claro com o calendário, disse o que queria no Paulista e não enganamos ninguém”, disse João Martins.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Weverton e Viña, que esteve suspenso na Libertadores, foram os únicos titulares a entrarem em campo no clássico contra o Peixe. O time que encara a Ponte Preta pela vaga na quartas de final não está definido, mas o auxiliar do treinador palmeirense reitera que não deve ser muito diferente do que vem sendo escalado nas últimas partidas do Paulista.

“Hoje (quinta) foi prova de que os jogadores do Palmeiras estão preparados 100% e não iremos mudar vírgula alguma. Sempre escolhemos os mais preparados para jogar. Não existem duas equipes, todos os jogadores são iguais. Só escolhemos os mais preparados para jogar a partida a seguir”, ressaltou.

LEIA MAIS

Emprestado pelo Palmeiras, Borja se torna maior artilheiro da Libertadores nos últimos 10 anos